Pasolini para comer, ex-Cahiers no Varilux, suspense brasileiro, mais cine-ciclismo, a volta do Canal 100, iTunes com curador brasileiro

© 2016 CINEMATÓRIO

À la Pasolini

Anote aí a receita de uma boa refeição, especialmente para você, cinéfilo: massa fresca e artesanal em restaurante de Ouro Preto, Minas Gerais, que homenageia o cineasta italiano Pier Paolo Pasolini. Estou falando do restaurante Pastifício Mamma Roma, que só por essa foto aí acima já dá vontade de visitar. O proprietário e chef, Anderson Vitorino, juntou sua admiração pelo cinema de Pasolini à admiração pela culinária italiana, e o resultado é esse charmoso empreendimento que tem pouco mais de um ano.

Continue lendo

CINEFONIA – Edição #55

facebook_logoNesta edição, “Ave, César!” e “Mogli, o Menino Lobo” são destaque na Resenha de Renato Silveira. No quadro Perfil, Pedro Vieira fala sobre Jessica Chastain, em cartaz com “O Caçador e a Rainha do Gelo”. No quadro Mulheres no Cinema, a gente relembra com Adilson Marcelino a trajetória de Eva Wilma. Você ouve também uma entrevista o cantor Wolf Borges, que realizou um documentário sobre a cena musical no Sul de Minas. Tem ainda as últimas novidades da sétima arte, sempre no embalo do melhor das trilhas sonoras do cinema brasileiro.

Curta o Cinefonia no Facebook!

O Cinefonia é um programa da Rádio Inconfidência. Escute todos os sábados, às 14h no AM 880, às 18h no FM 100,9 ou online. Aqui, ele é disponibilizado toda segunda-feira. Ouça abaixo:

ONDE O MAR DESCANSA: O não lugar da dor

Onde o Mar Descansa (Sea Without Shore, 2015)

É muito comum ouvirmos a expressão “filme de arte” quando alguém fala de produções que são exibidas no chamado “circuito alternativo”, aquelas salas de cinema que ficam fora dos shopping centers. Um filme como “Onde o Mar Descansa”, que acaba de ser lançado no Brasil, fatalmente receberá essa alcunha. Mas, na verdade, o mais adequado seria classificá-lo como “filme de artes”, no plural. Isso porque o trabalho dirigido por André Semenza e Fernanda Lippi representa muito bem a pluralidade característica do cinema enquanto forma de expressão artística.

Continue lendo

A JUVENTUDE: Reflexões e meditações

A Juventude (Youth, 2015)

Apesar de se chamar “A Juventude” (Youth, 2015), o filme do cineasta italiano Paolo Sorrentino (“Aqui é o Meu Lugar”, “A Grande Beleza”) tem como personagens principais dois amigos idosos. A juventude, na verdade, é o objeto de reflexão da dupla, que no auge da vida olha para trás e ainda se espanta com o mundo ao redor – claro, com uma visão peculiar que só a experiência e o amadurecimento pode proporcionar.

Continue lendo

CINEFONIA – Edição #54

facebook_logoO Cinefonia completa um ano no ar! Nesta edição de aniversário, “Onde o Mar Descansa”, filme rodado na Suécia e produzido no Reino Unido, mas que tem uma brasileira na direção e no elenco, é o destaque na Resenha de Renato Silveira. No quadro Perfil, Pedro Vieira fala sobre o astro George Clooney, um dos nomes no grande elenco da comédia “Ave, César!”, mais novo trabalho dos irmãos Coen e que acaba de estrear no Brasil. No quadro Mulheres no Cinema, a gente relembra com Adilson Marcelino a trajetória de Cleo de Verberena, a primeira mulher a dirigir um longa-metragem no Brasil. Você ouve também uma entrevista exclusiva com o escritor, dramaturgo e roteirista Fernando Bonassi, que participa da Bienal do Livro em Minas. Tem ainda as últimas novidades da sétima arte, sempre no embalo do melhor das trilhas sonoras do cinema brasileiro.

Curta o Cinefonia no Facebook!

O Cinefonia é um programa da Rádio Inconfidência. Escute todos os sábados, às 14h no AM 880, às 18h no FM 100,9 ou online. Aqui, ele é disponibilizado toda segunda-feira. Ouça abaixo:

« Posts anteriores

© 2016 cinematório

Theme by Anders NorenUp ↑