Yes. We’re home.

É só um trailer, claro. Mas difícil não conter a empolgação. Talvez por isso eu não devesse ter visto.

Nós esperamos exatos 32 anos para ver este filme. Não venha com papo furado de trilogia nova, Anakin Skywalker e o escambau, Sr. Lucas. Era isso que nós queríamos.

Devo estar soando contraditório, provavelmente, já que sempre sou um dos primeiros a criticar essa mania de revivals de franquias. Mas mesmo incidindo nesse problema crônico de Hollywood, quero dar meu voto de confiança aqui.

J.J. Abrams pode até provar que estou errado (não acho difícil, aliás), mas tenho a impressão de que “O Despertar da Força” tem algo de genuíno, não é só nostalgia.

Pode ser o equilíbrio entre as duas coisas. O que seria sadio.

Afinal, o que se espera de “Star Wars”, que foi quem deu sentido à expressão “franquia cinematográfica”? Não sejamos ingênuos. A resposta é este trailer, sem tirar nem por.

A ver no que isso dará no dia 18 de dezembro. E, ainda, no que se converterá essa nova fase da saga, que terá ainda filmes solos de alguns personagens entre cada episódio principal. ■

%d blogueiros gostam disto: