A CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte chega a sua 11ª edição e acontecerá entre os dias 22 a 27 de agosto de 2017, ocupando oito espaços da capital mineira, além de, pela primeira vez na história da mostra, oferecer cinema ao ar livre montado na Praça da Estação, em integração com a MAX – Minas Gerais Audiovisual Expo. Ao todo serão exibidos 41 longas, um média-metragem e 59 curtas-metragens, em sessões gratuitas de pré-estreias e retrospectivas. Também haverá oficinas, workshops, debates, masterclass, atrações artísticas e o 8º Brasil CineMundi – International Coproduction Meeting, encontro de negócios em diálogo com o mercado internacional.

A abertura oficial, dia 22 de agosto, será no Cine Theatro Brasil Vallourec, às 20h, com a exibição de “Corpo Elétrico”, de Marcelo Caetano, e a apresentação da homenagem ao crítico, ator e cineasta francês Pierre Léon, um dos principais nomes da produção independente na Europa. Ao longo de seus seis dias, a CineBH promoverá a retrospectiva completa da obra de Léon, em sessões comentadas com a presença dele.

“Corpo Elétrico”

A temática central dessa edição da CineBH, definida pelos curadores Francis Vogner dos Reis, Marcelo Miranda e Pedro Butcher, é “Cinema de Urgência”, que se volta para as inquietações do nosso tempo e como as imagens retratam e afetam fatos e reflexões. Na Mostra Contemporânea, o recorte é de filmes que dialogam com essa temática mesmo que pertençam a épocas diferentes ou tenham estilos distintos. Os destaques são: “Videogramas de Uma Revolução”, de Harun Farocki, “A Revolução Não Será Televisionada”, de Rama Thiaw, “Males Sem Terra”, de João Arthur, entre outros.

“Terra em Transe”, de Glauber Rocha, que completa 50 anos de lançamento, terá uma sessão especial com as presenças dos pesquisadores Ismail Xavier e Ivana Bentes para debaterem o impacto do filme no final dos anos 1960 e ao longo das décadas.

A Mostra Cidade em Movimento, com curadoria de Paula Kimo, traz a temática “Quem movimenta a cidade?” e apresentará 25 filmes com o foco nos pilares comunidade, lugares e pessoas. Já a seleção de curtas foi feita pelo curador Pedro Maciel Guimarães e apresenta 36 filmes de sete estados.

Na Mostra Clássicos na Praça, a proposta é exibir filmes populares, que abordem a ideia do viver e circular na cidade ou no campo. O público poderá ver no telão ao ar livre “O Garoto”, de Charles Chaplin, com trilha sonora executada ao vivo pela Orquestra de Câmara do Sesiminas; o emblemático “Janela Indiscreta”, de Alfred Hitchcock; a sátira social sci-fi “Eles Vivem”, de John Carpenter; e os sucessos “Blade Runner”, de Ridley Scott; e “E.T. O Extraterrestre”, de Steven Spielberg. Uma seleção especial de filmes produzidos em Minas Gerais completam a programação da praça.

SERVIÇO
11ª CineBH – Mostra Internacional de Cinema de Belo Horizonte
De 22 a 27 de agosto de 2017
Entrada gratuita
Mais informações, locais e programação completa aqui.

%d blogueiros gostam disto: