Nesta edição, nós discutimos mais dois filmes recém-lançados nos cinemas brasileiros e que estrearam juntos: “Em Ritmo de Fuga” (Baby Driver, Estados Unidos, 2017), de Edgar Wright, e “Dunkirk” (idem, Estados Unidos, 2017), de Christopher Nolan. Embora o primeiro seja uma comédia de ação e o segundo seja um filme de guerra, ambos possuem um trabalho sonoro bastante cuidadoso e particular, além de seus personagens estarem cercados pela violência.

Para o bate-papo, nós convidamos Daniel Oliveira, jornalista e crítico de cinema do jornal O Tempo, e Renné França, professor de cinema do Instituto Federal de Goiás e diretor do longa-metragem “Terra e Luz“.

Estamos também no YouTube | TuneIn | Stitcher

O cinematório café é um podcast produzido e apresentado por Renato Silveira Raquel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de temas relacionados ao cinema e às suas áreas correlatas, sempre em um clima de descontração, mas buscando, acima de tudo, reflexões sobre imagens que estão presentes no nosso dia a dia.

Hyperlinks deste episódio:

— Sobre “Em Ritmo de Fuga” e Edgar Wright:

— Sobre “Dunkirk” e Christopher Nolan:

  • A obsessão de Christopher Nolan com o tempo em seus filmes (sem legendas):

  • O design de som nos filmes de Christopher Nolan (sem legendas):
  • Os prós e os contras de Christopher Nolan (sem legendas):


 

Apoio:

Academia do Café  Coletivo Libertad

%d blogueiros gostam disto: