Realizado em São Luís, no Maranhão, o documentário “Mulheres que Transformam a Ilha”, dirigido, produzido e roteirizado por Monique Moraes, trata do empreendedorismo social feminino na capital maranhense.

Monique é bacharel em Administração pela Universidade Federal do Maranhão (UFMA) e atualmente cursa especialização em Impacto Social pelo Instituto Amani (São Paulo). Ela também empreende o Su Casa, Mi Causa, onde ajuda a disseminar o conceito de empreendedorismo social no Maranhão e no Brasil. E foi a partir desta experiência que surgiu a ideia para o documentário.

Após as sessões de lançamento, que ocorreram no Cine Praia Grande, Monique bateu um papo com o Pedro Tobias sobre o filme, confira:

Clique para reproduzir em uma nova janela | Download

Pelas fibras de buriti nas mãos de uma artesã, da força e coragem de uma mulher periférica, do colorido das criações de uma designer e dos sonhos reais de uma jovem mulher, somos convidados a conhecer o mundo do empreendedorismo social feminino em São Luís, no Maranhão.

“Mulheres que Transformam a Ilha” é uma narrativa sobre a fusão entre Mulher e impacto social, é o retrato das dúvidas, oportunidades, acessos, suor, vitórias e conquistas de espaços vividos por elas.

Nessa investigação feita em falas de gerações diferentes, da zona urbana à zona rural da cidade, descobrimos que não há fronteira entre coletividade e empreendedorismo social.

De acordo com a Organização das Cooperativas Brasileiras (OCB), 52% dos trabalhadores em cooperativas e empresas solidárias no Brasil são mulheres. Ainda assim, os homens ainda dominam os espaços de lideranças de organizações sociais e a liderança feminina é invisibilizada.

O documentário “Mulheres que Transformam a Ilha” foi produzido para quebrar este paradigma através da história de mulheres que venceram o preconceito e colaboraram com o desenvolvimento de sus comunidades a partir do empreendedorismo social.

De acordo com Monique:

“Reconhecer o trabalho das mulheres que já fazem esse tipo de trabalho e inspirar outras pessoas é o propósito do documentário, além de destacar a força da mulher em seus diferentes contextos e realidades sociais. Esse material fala de São Luís, mas trata de um cenário que pode ser encontrado em qualquer parte do país”.

Além da falta de modelo, as mulheres também enfrentam problemas na hora de dividir seu tempo de empreendedoras com atividades domésticas; recebem menos acesso a financiamento; sofrem pressão social e cultural; estão mais sujeitas a duvidarem de suas capacidades e habilidades; além de ainda sofrerem preconceitos.

Cartaz de "Mulheres que Transformam a Ilha"

Conforme comentado durante a entrevista, em breve o documentário “Mulheres que Transformam a Ilha” estará disponível na íntegra no YouTube do Su Casa, Mi Causa. Caso tenha se interessado e queira saber mais é possível entrar em contato através do e-mail sucasamicausa@gmail.com.

Galeria de fotos do lançamento do filme no Cine Praia Grande, em São Luís:

Ou assine o feed principal com todos os nossos podcasts:
iTunes | Android | RSS

Estamos também no Spotify | TuneIn | Stitcher | YouTube

O cinematório café é um podcast produzido e apresentado por Renato Silveira Raquel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de temas relacionados ao cinema e às suas áreas correlatas, sempre em um clima de descontração, mas buscando, acima de tudo, reflexões sobre imagens que estão presentes no nosso dia a dia.

Este podcast é parceiro do MUBI, um serviço de streaming de filmes que exibe preciosidades cinematográficas realizadas no mundo todo, escolhidas a dedo por uma equipe de curadores. Faça um teste por 30 dias grátis: basta acessar este link e se cadastrar.

Clique aqui e participe do nosso grupo no Telegram!

Apoio:

Academia do Café  Coletivo Libertad

%d blogueiros gostam disto: