Ranking dos filmes de abril

Algumas palavras sobre os dois primeiros colocados do ranking deste mês. Pensei muito em colocar “Homem de Ferro” junto com “Apenas Uma Vez” no topo, mas preferi deixar o herói da Marvel no “vale o ingresso”. É um filme ótimo, claro. Mas a nossa recomendação máxima vai para filmes que têm um algo mais. São aqueles que fazem você sair do cinema com uma sensação especial e que você certamente considera ter em casa para rever. Em suma, são os filmes que têm reais chances de entrar em nossas listas de melhores do ano. Eu vou comprar o DVD de “Homem de Ferro”, mas este sou eu, fã dos quadrinhos e de ficção-científica, colecionador dos filmes da Marvel. Desta forma, acho que para uma recomendação ao leitor (essa figura sempre enigmática, que pode ou não ter os mesmos gostos que eu) dizer que é seguro ir ao cinema e aproveitar já basta. Mas chega de relativizar o nosso quadro de cotações. Sem mais delongas, vamos às notas:

.veja no cinema e compre o DVD
“Apenas Uma Vez”, de John Carney (8)

.vale o ingresso
“Homem de Ferro”, de Jon Favreau (8)
“O Sonho de Cassandra”, de Woody Allen (8)
“The Rolling Stones – Shine a Light”, de Martin Scorsese (8)
“Um Sonho Dentro de um Sonho”, de Anthony Hopkins (7)
“Estômago”, de Marcos Jorge (7)
“Um Beijo Roubado”, de Wong Kar-Wai (6)
“Meu Nome é Taylor, Drillbit Taylor”, de Steven Brill (6)



.veja sem pressa
“Quebrando a Banca”, de Robert Luketic (6)
“Zona do Crime”, de Rodrigo Plá (5)
“Pecados Inocentes”, de Tom Kalin (5)
“Os Reis da Rua”, de David Ayer (5)
“Maratona do Amor”, de David Schwimmer (4)
“Um Plano Brilhante”, de Michael Radford (4)
“Super Herói – O Filme”, de Craig Mazin (4)

.não se culpe por não ver
“Encurralados”, de Mike Barker (4)
“Uma Chamada Perdida”, de Eric Vallette (4)
“Maré, Nossa História de Amor”, de Lúcia Murat (3)
“Treinando o Papai”, de Andy Fickman (3)

.pura perda de tempo
“Awake – A Vida Por um Fio”, de Joby Harold (2)
“Imagens do Além”, de Masayuki Ochiai (2)

.não vistos
“A Vida Começa aos 40”, de Colin Nutley
“Como Eu Festejei o Fim do Mundo”, de Catalin Mitulescu
“Condor”, de Roberto Mader
“Desonra”, de Masahiro Kobayashi
“Falsa Loura”, de Carlos Reichenbach
“Fôlego”, de Kim Ki-Duk
“Hannah Montana e Miley Cyrus”, de Bruce Hendricks
“Loucas por Amor, Viciadas em Dinheiro”, de Callie Khouri
“O Longo Amanhecer”, de José Mariani
“O Sol”, de Alexandr Sokúrov
“Otávio e as Letras”, de Marcelo Masagão
“Romance do Vaqueiro Voador”, de Manfredo Caldas
“Três Vezes Amor”, de Adam Brooks
“Viva Zapatero!”, de Sabina Guzzanti

%d blogueiros gostam disto: