INDIE em SP e outros tópicos

Começa hoje, no CINESESC, a versão paulista do INDIE 2008. A programação completa pode ser acessada aqui. É um resumo do que foi exibido em BH, mas tem uma seção inédita por aqui: a retrospectiva Koji Wakamatsu, que, pelas palavras de Francesca Azzi, uma das curadoras e organizadoras da mostra, parece ser deveras interessante (leiam o texto de apresentação que ela escreveu). Quem estiver em Sampa não pode perder.

Ainda sobre o INDIE SP: seis filmes que serão exibidos até o próximo dia 12 foram comentados aqui no cinematório durante a cobertura do INDIE BH:



Anywhere, USA
Ato de Violência
Como Ser
FIX
Hannah Takes the Stairs
Rio

Uma pena que os dois melhores a que eu pude assistir, “Entardecer” e “Bangalô”, integrantes do programa Nova Escola de Berlim, não foram incluídos. No índice aí ao lado, vocês podem conferir outros longas que conseguimos ver.

NOVA INTEGRANTE

A equipe do cinematório cresceu: agora, temos também a presença de Mariana Deslandes em nossas páginas. A Mariana está se formando em Jornalismo, tem uma visão sensível e escreve com talento e espirituosidade. Ela aceitou meu convite para colaborar com o site e estreou ontem, com um texto sobre “Gesto Obsceno”, fechando a cobertura do INDIE. Seja bem-vinda, Mari. Estou certo de que nossos leitores irão aprovar sua chegada.

CINEMA EM CENA

E como alguns de vocês já sabem, estou me desligando da equipe do Cinema em Cena. Hoje foi meu último dia na redação. Não sou mais editor do site, mas continuarei por perto, como colaborador. Uma coluna está sendo planejada e, além disso, o cinematório tem o apoio do CeC, sendo hospedado nos servidores do portal.

Desejo todo sucesso ao Pablo, Patrícia e à toda a nova equipe que está começando agora. Foram sete anos e meio de dedicação e experiências enriquecedoras, sem as quais eu não teria chegado até aqui. E, neste momento, não quero falar de fim, mas de um novo começo. Para mim e para vocês.

Vamos em frente.

%d blogueiros gostam disto: