Nouvelle vague japonesa, cinema e literatura brasileira, Glauber, Mostra Animal, Chantal Akerman

© 2016 CINEMATÓRIO

Primeira mostra do cineasta japonês Ko Nakahira no Brasil

Apenas às Segundas
“Apenas às Segundas”

Tem início hoje, dia 27, no CCBB do Rio de Janeiro, a Mostra de Cinema Japonês – Especial Ko Nakahira, cineasta precursor da nouvelle vague japonesa, considerado um dos mais inovadores do cinema japonês do pós-guerra. Essa será a primeira mostra de longas-metragens do diretor no Brasil, sendo que a programação tem curadoria da Fundação Japão (que também promove outros três eventos de cultura japonesa na cidade) e apresenta oito obras, todas em película, em cartaz até dia primeiro de agosto, com entrada franca.

Ko Nakahira nasceu em Tóquio em 1926 e morreu em 1978, aos 52 anos. Ele dirigiu um total de 34 filmes e sua carreira foi bastante ativa entre os anos de 1956 e 1975, tendo anteriormente trabalhado como aprendiz na Shochiku Studio. Lá, ele ganhou uma valiosa experiência como assistente de direção de Akira Kurosawa  e Yuzo Kawashima.

Apesar de ainda pouco conhecido no Brasil, ele é famoso internacionalmente por seu estilo experimental e criativo. Há quem diga que “Paixão Juvenil”, sua produção de estreia, tenha influenciado os diretores franceses François Truffaut e Jean-Luc Godard. Seus filmes foram bem recebidos pelos fãs de cinema japonês e críticos, tendo, inclusive, recebido uma nomeação para a Palma de Ouro do lendário Festival de Cannes de 1971, pela obra “Yami no naka no chimimoryo”.

Serviço
Mostra Especial Ko Nakahira
27 de julho a 1 de agosto de 2016
Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro: Rua Primeiro de Março, 66, Centro – Rio de Janeiro, RJ
Ingressos: gratuitos (necessário retirar senha uma hora antes de cada sessão)
Programação e mais informações aqui.

Diálogos entre cinema e literatura do Brasil

'Macunaíma", de Joaquim Pedro de Andrade
‘Macunaíma”, de Joaquim Pedro de Andrade

Também no Rio de Janeiro, na Caixa Cultural, o ciclo de palestras “Visões do Brasil: diálogos entre cinema e literatura” teve início ontem, dia 26, e terminará dia 29, sexta-feira. Os encontros com debates têm o objetivo de discutir a importância da relação entre as duas artes no pensar da cultura brasileira contemporânea. Serão abordadas, dentre outras questões, temáticas como as adaptações cinematográficas das literaturas modernista e regionalista e a relação entre cinema e poesia. E tudo gratuitamente.

Entre os palestrantes, alguns dos principais pesquisadores do tema, escritores, professores, críticos de teatro e poetas: Rosa Dias, Patrick Pessoa, Maria Cristina Franco Ferraz, Fátima de Oliveira, Italo Moriconi, Ana Chiara, Karl Erik Schøllhammer e Flávio Carneiro.

Serviço
Visões do Brasil: diálogos entre cinema e literatura
De 26 a 29 de julho de 2016
Caixa Cultural Rio de Janeiro: Av. Alm. Barroso, 25 – Centro, Rio de Janeiro – RJ
Entrada gratuita (distribuição de senhas a partir das 17h30)
Programação e mais informações aqui.

Glauber Rocha na Cinemateca

Glauber Rocha na Assembléia Geral da ABI.
Glauber Rocha

E por falar em cinema nacional, no próximo dia 22 de agosto completam-se 35 anos da morte de Glauber Rocha. Para homenageá-lo, a Cinemateca Brasileira sediará uma mostra que, a partir de 28 de julho, exibirá seus grandes clássicos, raridades, as pouco vistas coproduções filmadas no seu exílio, seus curtas-metragens, episódios e trechos da radical experiência televisiva no Programa Abertura, além dos primeiros filmes, “Pátio” e “Barravento”. Na programação, que vai até 21 de agosto, todos os filmes são cópias do acervo da Cinemateca e algumas delas em novos materiais nunca exibidos no Brasil. 

Glauber nasceu em Vitória da Conquista, Bahia, em 14 de março de 1939 e morreu no Rio de Janeiro com apenas 42 anos. Apesar da perseguição política, foi um dos integrantes mais importantes do Cinema Novo, movimento iniciado no começo dos anos 1960 e que ganhou prestígio internacional. Seu trabalho teve grande reconhecimento, por exemplo no Festival de Cannes, onde em 1964 concorreu à Palma de Ouro por “Deus e o Diabo na Terra do Sol”, em 1967 recebeu o troféu da crítica internacional com “Terra em Transe”, dois anos depois foi eleito melhor diretor por “O Dragão da Maldade Contra o Santo Guerreiro” e, em 1977, seu curta-metragem “Di Cavalcanti” ganhou o Prêmio do Júri.

Serviço
Retrospectiva Glauber Rocha
De 28 de julho a 21 de agosto de 2016
Cinemateca Brasileira: Largo Senador Raul Cardoso, 207, Vila Clementino – São Paulo, SP
Entrada Gratuita
Programação e mais informações aqui.

Cursos de férias em agosto da Academia Internacional de Cinema

A Academia Internacional de Cinema é uma escola de cinema com filiais em São Paulo e no Rio de Janeiro. Ela possui um programa de mais de 30 cursos que abrangem toda a cadeia produtiva do audiovisual, além de abrigar uma série de eventos e palestras abertas ao público, bem como aulas especiais com cineastas. Os cursos intensivos de férias tiveram início no começo de julho, mas dois deles serão abertos em agosto, no Rio, e ainda dá tempo de você se inscrever e participar. São eles:  “Edição” e “Cinema Teens”.

“Edição” começará dia 2 de agosto e vai até o dia 30, com aulas de Livia Arbex. Compreendendo uma das etapas mais importantes no processo de produção cinematográfica, o curso busca oferecer recursos que permitam ao aluno desenvolver as primeiras habilidade em edição audiovisual, introduzindo técnicas para operar um dos principais softwares de edição, o Premiere, além de estimular a capacidade de refletir e aplicar as diferentes linguagens de montagem.

“Cinema Teens” vai de 3 a 17 de agosto e é indicado para alunos entre 13 e 17 anos. Trata-se de uma vivência sobre a rotina de um set de cinema, passando por todas as etapas de produção de um filme e dando a oportunidade para os jovens estudantes realizarem um curta-metragem e terem seus filmes exibidos em uma sessão especial para pais e convidados. As aulas serão ministradas por Clarissa Nanchery e Jô Serfaty e pelos convidados João Jabace e Fred Benevides. O programa oferece uma introdução a todas as etapas de produção e os alunos trabalham em equipes reduzidas, desenvolvendo roteiro e desempenhando funções específicas na execução.

Serviço
Academia Internacional de Cinema
Curso Edição: De 2 a 30 de agosto, segunda à sexta (exceto 5, 18 e 22/08), das 19h30 às 22h30.
Curso Cinema Teens: De 3 a 17 de agosto, segunda a sexta (exceto 5/08), das 13h às 18h.
Endereço: Rua Martins Ferreira, 77, Botafogo – Rio de Janeiro, RJ
Preços, formas de pagamento e mais informações aqui.

Mostra Animal Itinerante em Florianópolis

Essa é para você que além de cinéfilo também ama os bichos! Você já conhece a Mostra Internacional de Cinema Pelos Animais – Mostra Animal? Pois bem: criada pela Sociedade Vegetariana Brasileira de Curitiba, em 2009, essa mostra se dedica a discutir as diversas faces da relação entre humanos e animais, em todos os seus aspectos, sejam eles de cooperação ou de exploração, bem como os impactos socioambientais que essa interação pode trazer.

Com atrações nacionais e internacionais, o evento traz em suas edições, além dos filmes — tanto profissionais como amadores — bate-papos com artistas, ambientalistas, ativistas, autoridades, escritores e, claro, amantes dos animais de todos os tipos, sempre trazendo à tona a realidade e a necessária reflexão a respeito dos inúmeros pontos que cercam esse tema. Gratuita e aberta ao público, a mostra promove também feira vegana e sorteio de brindes.

Devido ao sucesso de público em Curitiba, o interesse por fazer o evento também em outras cidades foi despertado e a mostra expandiu-se para outras regiões brasileiras por meio de versões itinerantes já realizadas no Rio de Janeiro, Belo Horizonte, São Paulo, Brasília, Florianópolis, Niterói, Vitória, Recife, Salvador etc. Este ano, em Curitiba, a mostra aconteceu em maio e está em sua quinta edição em Florianópolis, que acontecerá dia 4 de agosto. Já quero logo que voltem em BH também, uai!

Serviço
Mostra Internacional de Cinema pelos Animais – 5ª Edição Itinerante Florianópolis
4 de agosto de 2016
ALESC Assembleia Legislativa do Estado de Santa Catarina: Palácio Barriga Verde – R. Dr. Jorge Luz Fontes, 310
Entrada gratuita
Programação e mais informações aqui.

Cinema e Vídeo Ambiental

A 18ª edição do Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica), que acontece em Goiás, foi lançada nessa terça-feira (26). O evento será realizado entre os dias 16 e 21 de agosto e além da mostra competitiva, a programação inclui shows e fóruns e exposições de arte. Inclusive, uma tela do artista goiano Rodrigo Godá estará presente no festival.

As inscrições para as oficinas e cursos podem ser feitas no site oficial. Elas abordam tanto produção cinematográfica quanto questões relacionadas ao meio ambiente. O festival tem descrito uma trajetória de crescimento e consolidação, sendo que uma das causas apontadas para essa ascensão é o fato de ele possuir a maior premiação da América Latina no gênero: R$ 240 mil, segundo informação do site.

Serviço
Festival Internacional de Cinema e Vídeo Ambiental (Fica)
De 16 a 21 de agosto de 2016
Mais informações aqui.

Festival em BH tem retrospectiva da cineasta Chantal Akerman

Chantal Akerman
Chantal Akerman

Em sua 18ª edição, o Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte, que acontece no Cine Humberto Mauro e na Sala Juvenal Dias, entre os dias 5 e 14 de agosto, mantém o propósito de informar e difundir a produção de cinema e vídeo em curta-metragem, além de proporcionar reflexões, oficinas, debates e buscar sempre uma integração entre a produção brasileira e internacional.

Neste ano, foram selecionados 136 curtas-metragens, sendo 40 brasileiros e 96 internacionais, entre mais de 2.500 inscritos. A programação é composta por mostras competitivas e programas especiais e prevê a concessão de prêmios pelo júri oficial.

Entre os especiais, a cineasta belga Chantal Akerman, conhecida por seu cinema experimental e feminista, falecida no ano passado, é tema da mostra retrospectiva. Além de alguns dos mais importantes filmes da realizadora, será apresentado o “Seminário Vida e Obra em Chantal Akerman”, ministrado pela pesquisadora e professora Carla Maia. As inscrições já estão abertas. Não perca!

Serviço
Festival Internacional de Curtas de Belo Horizonte – FESTCURTAS BH
De 05 a 14 de agosto de 2016
Cine Humberto Mauro: Av. Afonso Pena, 1537 – Centro, Belo Horizonte – MG
Entrada gratuita
Programação e mais informações aqui.

Até o próximo Transmissor!

%d blogueiros gostam disto: