"Viagem à Lua" (1902) - Foto: Divulgação

Cinema e Ciência: O ser humano no espaço sideral

Clique para reproduzir em uma nova janela | Download

Também no: SpotifyCastboxTuneIn | StitcherPlayer FM

Este podcast foi gravado durante a 4ª edição do bate-papo Cinema e Ciência, fruto da parceria entre o cinematório e o MM Gerdau — Museu das Minas e do Metal.

O debate desta vez é sobre filmes relacionados às viagens do ser humano ao espaço. A escolha da pauta se deu em razão do Dia Mundial da Astronomia, comemorado em 8 de abril, e da proximidade do aniversário de 50 anos da primeira vez que um ser humano pisou na Lua – no caso, o astronauta Neil Armstrong, que deu o histórico primeiro passo em solo lunar no dia 21 de julho de 1969. Nós selecionamos cinco filmes para nortear a conversa sobre como o cinema representa as viagens espaciais: “Viagem à Lua” (1902), de Georges Méliès; “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968), de Stanley Kubrick; “Perdido em Marte” (2015), de Ridley Scott; “Interestelar” (2014), de Christopher Nolan; e “Sunshine – Alerta Solar” (2007), de Danny Boyle.

Para comentar esses filmes e conversar sobre outros tópicos relacionados ao tema, Renato Silveira e Raquel Gomes recebem o físico e professor Renato Las Casas, coordenador do Grupo de Astronomia da UFMG.

Confira abaixo os trechos dos filmes apresentados no telão durante o bate-papo, ocorrido no dia 4 de abril de 2019:

— O primeiro passo de Neil Armstrong na Lua:

— “Viagem à Lua” (1902), de Georges Méliès

— “2001: Uma Odisseia no Espaço” (1968), de Stanley Kubrick

— “Perdido em Marte” (2015), de Ridley Scott

— “Interestelar” (2014), de Christopher Nolan

— “Sunshine – Alerta Solar” (2007), de Danny Boyle

Hyperlinks deste episódio:

Entrevista de Kel Gomes à Rádio UFMG Educativa sobre o bate-papo Cinema e Ciência

— Um astronauta da NASA analisa a veracidade de filmes sobre o espaço (em inglês):

 


Apoio:

MUBIcinematório é parceiro do MUBI, um serviço de streaming de filmes que exibe preciosidades cinematográficas realizadas no mundo todo, escolhidas a dedo por uma equipe de curadores. Faça um teste por 30 dias grátis: basta se cadastrar neste link.

%d blogueiros gostam disto: