“Festival de festivais” reúne exibições gratuitas de filmes no YouTube

Mais de 20 festivais do mundo inteiro se reuniram para exibir filmes gratuitamente durante dez dias, de 29 de maio a 7 de junho, por meio de transmissões no YouTube. O “festival de festivais” ganhou o nome de “We Are One: A Global Film Festival” (em tradução livre, “Somos um só: um festival global de cinema”) e é uma iniciativa da New York’s Tribeca Enterprises, que organiza o Tribeca Film Festival, de Nova York, e tem como um de seus fundadores o ator Robert De Niro. O projeto conta com o apoio e curadoria de festivais como Cannes, Berlim, Veneza, Sundance, Locarno, Tóquio, entre outros, e pretende obter doações ao fundo de solidariedade às vítimas do coronavírus da Organização Mundial da Saúde (OMS). As doações poderão ser feitas por botões e links inseridos juntos às exibições.

Como todo bom festival, além dos filmes — mais de 100 ao todo, sendo 13 estreias mundiais — há outros tipos de conteúdo, como entrevistas, shows, masterclasses e conversas entre grandes profissionais da indústria do cinema que foram pré-gravadas. Nomes bastante atrativos: Francis Ford Coppola, Claire Denis, Olivier Assayas, Steven Spielberg, John Waters, Guillermo Del Toro, Jane Campion, Bong Joon-ho, entre outros. Importante frisar que o “We Are One” não pretende substituir o planejamento das mostras adiadas, uma vez que alguns festivais de 2020 ainda estão previstos para acontecer futuramente nos formatos tradicionais ou em formatos híbridos. O evento é uma programação unificada e paralela, que pode ou não ter outras edições ou inspirar novas iniciativas semelhantes.

Uma dica de filme para assistir é “The Iron Hammer” (2020), de Joan Chen, programado para o dia o dia 7 de junho, às 17h30 (horário de Brasília). Joan Chen esteve no elenco de “Twin Peaks”, no papel de Jocelyn Packard, e já atuou em outras produções. Como diretora, realizou um curta e dois longas, entre eles, “Outono em Nova York”, de 2000, com Richard Gere e Winona Ryder. No Festival We Are One, ela apresenta seu retorno à direção, dessa vez estreando como documentarista. O filme retrata a história de Lang Ping, ícone do vôlei, campeã olímpica tanto como atleta como treinadora — a primeira e única a conseguir tal feito neste esporte, inclusive. Ela colocou a China novamente em destaque na modalidade, além de ter passado também pelo comando da seleção feminina dos Estado Unidos.

“The Iron Hammer”, de Joan Chen.

SERVIÇO
We Are One: A Global Film Festival
De 29 de maio a 7 de junho de 2020
Gratuito no Youtube
Programação e mais informações aqui.

%d blogueiros gostam disto: