“Presidente” (2021), de Camilla Nielsson - Divulgação
“Presidente” (2021), de Camilla Nielsson - Divulgação

“Os Arrependidos” e “Presidente” vencem o É Tudo Verdade 2021

O filme “Os Arrependidos” foi eleito o vencedor da Competição Brasileira de Longas ou Médias-Metragens do festival É Tudo Verdade 2021. O documentário dirigido por Armando Antenore e Ricardo Calil reconta a história pouco lembrada de ex-militantes presos que, muito jovens, largaram tudo para arriscar a vida por uma causa, foram presos e torturados, e viraram arma de propaganda da ditadura militar.

O júri formado pela cineasta Sandra Kogut, pelo professor da ECA-USP Eduardo Morettin e pelo presidente da Associação Paulista de Cineastas–, Daniel Solá Santiago, ainda concedeu menção honrosa ao filme “Máquina do Desejo: 60 Anos de Teatro Oficina”, e escolheu como melhor curta-metragem “Yaõkwa: Imagem e Memória”, dirigido por Rita Carelli e Vincent Carelli. O curta “Ser Feliz no Vão”, de Lucas Rossi dos Santos, também recebeu menção honrosa.

“Os Arrependidos” (2021), de Armando Antenore e Ricardo Calil - Divulgação
“Os Arrependidos” (2021), de Armando Antenore e Ricardo Calil – Divulgação

Já na competição internacional, o grande vencedor foi “Presidente”, dirigido pela dinamarquesa Camilla Nielsson. O filme fala sobre as eleições presidenciais no Zimbábue, em 2018, e as maneiras como os partidos na disputa interpretaram os princípios democráticos no discurso e na prática.

O júri internacional, formado pela realizadora Julia Bacha, pelo head da plataforma Cannes Docs, Pierre-Alexis Chevit, e pelo documentarista iraniano, radicado em Londres Ehsan Khoshbakht, ainda concedeu menção honrosa ao longa argentino “Vicenta”, de Darío Doria, e premiou o curta-metragem “A Montanha Lembra” (Puede una Montaña Recordar), dirigido por Delfina Carlota Vazquez, uma coprodução Argentina-México.

O É Tudo Verdade qualifica automaticamente as produções vencedoras nas competições brasileira e internacional para inscrição direta nas categorias dedicadas a documentários no Oscar.

O festival aconteceu online, entre os dias 8 e 18 de abril. É o segundo ano consecutivo que o evento é realizado em ambiente virtual, devido às restrições provocadas pela pandemia de Covid-19. Saiba mais sobre o evento no site oficial.