cinematório café: Meu pai e o som do silêncio

cinematório café: Meu pai e o som do silêncio

Clique para reproduzir em uma nova janela | Download

Spotify | Deezer | Castbox | TuneIn | Stitcher | Player FM

Nesta edição, o podcast cinematório café discute os filmes “Meu Pai” (The Father, 2020), drama dirigido por Florian Zeller, sobre um homem idoso que enfrenta a demência, papel de Anthony Hopkins, e “O Som do Silêncio” (Sound of Metal, 2019), drama dirigido por Darius Marder, sobre um baterista, interpretado por Riz Ahmed, que tem o rumo de sua vida mudado após perder a audição.

Confira abaixo a minutagem em que cada filme é comentado no podcast:

00:00:00 – Introdução

00:04:57 – Meu Pai

00:52:52 – O Som do Silêncio

Este podcast faz parte da nossa cobertura do Oscar 2021. Confira aqui mais podcasts e críticas sobre os filmes indicados.

“Meu Pai” concorre ao Oscar 2021 nas categorias Melhor Filme, Roteiro Adaptado (Florian Zeller e Christopher Hampton), Ator (Anthony Hopkins), Atriz Coadjuvante (Olivia Colman), Montagem (Yorgos Lamprinos) e Design de Produção (Peter Francis e Cathy Featherstone).

“O Som do Silêncio” foi indicado às estatuetas de Melhor Filme, Roteiro Original (Darius Marder, Abraham Marder e Derek Cianfrance), Ator (Riz Ahmed), Ator Coadjuvante (Paul Raci), Montagem (Mikkel E.G. Nielsen) e Som (Nicolas Becker, Jaime Baksht, Michelle Couttolenc, Carlos Cortés e Phillip Bladh).

Quem se senta à mesa conosco para comentar os dois filmes é Ana Lúcia Andrade, professora de Cinema da Escola de Belas Artes da UFMG.

O cinematório café é produzido e apresentado por Renato Silveira e Kel Gomes. A cada episódio, nós propomos um debate em torno de filmes recém-lançados e temas relacionados ao cinema, sempre em um clima de descontração e buscando refletir sobre imagens presentes no nosso dia a dia.

Quer mandar um e-mail? Escreva seu recado e envie para contato@cinematorio.com.br. A sua mensagem pode ser lida no podcast!

Cineclube Cinematório

O Cineclube Cinematório está no Padrim e no PicPay. O seu apoio é fundamental!

Hyperlinks deste episódio:

— Frames de “Meu Pai” comentados por Ana Lúcia Andrade no podcast, sobre como o enquadramento diminui o espaço do personagem:

"Meu Pai" (The Father, 2020), de Florian Zeller - Foto: Ben Smithard - Todos os direitos reservados.
“Meu Pai” (The Father, 2020), de Florian Zeller – Foto: Ben Smithard – Todos os direitos reservados.
"Meu Pai" (The Father, 2020), de Florian Zeller - Foto: Ben Smithard - Todos os direitos reservados.
“Meu Pai” (The Father, 2020), de Florian Zeller – Foto: Ben Smithard – Todos os direitos reservados.
"Meu Pai" (The Father, 2020), de Florian Zeller - Foto: Ben Smithard - Todos os direitos reservados.
“Meu Pai” (The Father, 2020), de Florian Zeller – Foto: Ben Smithard – Todos os direitos reservados.
"Meu Pai" (The Father, 2020), de Florian Zeller - Foto: Ben Smithard - Todos os direitos reservados.
“Meu Pai” (The Father, 2020), de Florian Zeller – Foto: Ben Smithard – Todos os direitos reservados.

— Trechos de montagens da peça “The Father”:

 

— Florian Zeller, Anthony Hopkins e Olivia Colman comentam cenas de “Meu Pai”:

 

— Darius Marder, Riz Ahmed e Paul Raci falam sobre a comunidade surda representada em “O Som do Silêncio”:

 

— O design de som de “O Som do Silêncio”:

 

— Paul Raci participa de um cover de “Enter Sandman”, do Metallica:

 

— Trailers:

 


Apoio:

Pão & Companhia

MUBI

cinematório é parceiro do MUBI, um serviço de streaming de filmes que exibe preciosidades cinematográficas realizadas no mundo todo, escolhidas a dedo por uma equipe de curadores. Faça um teste por 30 dias grátis: basta se cadastrar neste link.