“Sayo” (2020), de Jeremy Rubier - Divulgação
“Sayo” (2020), de Jeremy Rubier - Divulgação

Vencedores do 11º Cinefantasy podem ser vistos online

Os vencedores do 11º Cinefantasy – Festival Internacional de Cinema Fantástico foram anunciados em cerimônia virtual no YouTube, no último dia 1º de maio, com participação do ator Silvero Pereira, o Lunga de “Bacurau”. A boa notícia para quem não conseguiu acompanhar o festival, que aconteceu de 16 a 29 de abril, é que todos os filmes premiados permanecem disponíveis até 9 de maio, na plataforma Belas Artes à La Carte.

Entre os vencedores está a produção canadense “Sayo”, de Jeremy Rubier, eleita como Melhor Longa de Ficção e Melhor Roteiro. Já o colombiano “A Vingança de Jairo”, de Simón Hernández, levou prêmio de Melhor Longa de Documentário. O troféu de Melhor Direção foi para a holandesa Jenneke Boeijink, pelo filme “Porcelana”.

O húngaro Levente Molnár ganhou como Melhor Ator por “Ravina”. E o prêmio de Melhor Atriz foi entregue a três brasileiras: as baianas Arlete Dias, Mary Dias e Wall Diaz, pelo filme “Voltei!”, dirigido por Ary Rosa e Glenda Nicácio.

Outro filme brasileiro premiado foi o longa “Rosa Tirana”, de Rogério Sagui, também realizado na Bahia (escute nossa entrevista com o diretor e a atriz Kiarah Rocha). Ele e o curta de animação “Rasga Mortalha”, de Thiago Martins de Melo, ganharam distribuição por um ano em festivais da América Latina e irão representar o Brasil no Prêmio FANTLATAM, premiação internacional da Aliança Latino-americana de Festivais de Cinema Fantástico.

A premiação de curtas ainda consagrou “República”, de Grace Passô, na mostra Fantastic Black Power. A lista completa de premiados está disponível no site do Cinefantasy. Reforçando: os filmes podem ser vistos na plataforma Belas Artes à La Carte até 9 de maio. É preciso ser assinante para ter acesso aos títulos.

Com informações da assessoria de imprensa do festival.