"Parece Comigo" (2016), de Kelly Cristina Spinelli - Divulgação

3ª Mostra Diálogos pela Equidade exibe filmes dirigidos por mulheres

O Circuito Municipal de Cultura de Belo Horizonte e o Cine Santa Tereza realizam, até 12 de dezembro, a 3ªedição da Mostra Diálogos pela Equidade. O evento foi pensado para apresentar uma seleção de curtas e longas-metragens de diretoras cujas obras se voltam contra o silenciamento que acompanha a violência contra as mulheres.

Com o tema “Femininos Plurais”, a programação reúne 13 filmes e é dividida em dois painéis temáticos. O primeiro deles é “A Mulher e a Câmera: a outra história do cinema brasileiro”, que destaca obras históricas das diretoras Helena Solberg, Adélia Sampaio e Tata Amaral. Já no programa “Violências e Enfrentamentos” estão reunidas criações visuais contemporâneas que denunciam as marcas do racismo. Uma delas é o curta “Parece Comigo”, de Kelly Cristina Spinelli, documentário que explora o problema da falta de bonecas negras no mercado brasileiro e mostra o trabalho das bonequeiras que tentam mudar esse cenário.

As sessões da mostra são presenciais no Cine Santa Tereza e acontecem sempre a partir das 19h, com entrada gratuita. Os ingressos podem ser retirados antecipadamente neste link ou na bilheteria do cinema, que segue  todos os protocolos de segurança sanitária, principalmente o uso da máscara.

A Mostra Diálogos pela Equidade também realiza atividades em formato virtual, pelo site do Circuito Municipal de Cultura e pelo canal da Fundação Municipal de Cultura no YouTube. Por meio de ambos, é possível acompanhar debates e assistir a uma vídeo-performance. Toda a programação é gratuita.

SERVIÇO
III Mostra Diálogos pela Equidade: femininos plurais
Até 12 de dezembro de 2021
Cine Santa Tereza (presencial) – R. Estrela do Sul, 89, Bairro Santa Tereza, BH/MG.
Canais do Circuito Municipal de Cultura (online)
Programação completa e mais informações aqui.

%d blogueiros gostam disto: