"Medusa" (2021), de Anita Rocha da Silveira - Divulgação

Cinemas IMS Paulista e Rio exibem mostra com o tema “Máscaras”

Até o fim de maio, os cinemas do Instituto Moreira Salles em São Paulo e no Rio de Janeiro apresentam a mostra Máscaras. A programação reúne 28 títulos, entre curtas, longas e videoclipes, tendo como ponto de partida o símbolo da máscara. A seleção inclui desde filmes brasileiros consagrados como “A Lira do Delírio” (1978), de Walter Lima Jr., passando pelo clássico “Imitação da Vida” (1959), último filme do cineasta alemão Douglas Sirk, até produções recentes, como o nacional “Medusa” (2021), de Anita Rocha da Silveira, entre outros.

Abarcando obras de tempos históricos e contextos distintos, a mostra evidencia os múltiplos significados evocados pelas máscaras. Hoje acessórios essenciais para proteção sanitária, também podem ser associadas aos rituais sagrados e às festas de carnaval, aos disfarces e aos mistérios de terror. Kleber Mendonça Filho, cineasta e curador de cinema do IMS, comenta as conexões propostas pela programação: “Na imagem do cinema e do audiovisual como um todo, a máscara pode ser um efeito, uma subtrama, um elemento visual catalisador de ansiedade, de mistério e horror. A proteção facial guarda identidades, faz parte do culto ao super-herói. A máscara é presença frequente nas representações de religiões e cultos, em personagens lúdicos ou enigmáticos, na sexualidade e na política, nos procedimentos fotogênicos do crime, da ciência, da cultura e do carnaval.”

Programação

Entre os títulos que evocam a máscara como símbolo de terror, estão “O Homem Elefante” (1980), de David Lynch, “O Massacre da Serra Elétrica” (1974) de Tobe Hooper, que será exibido hoje, sexta-feira 13, nos dois centros culturais, “O Fantasma do Paraíso” (1974), de Brian De Palma, e mais. Já entre os filmes que tratam das celebrações e dos rituais, estão “A Lira do Delírio”(1978), dedicado aos foliões do bloco Lira do Delírio, “Máscaras” (1976), da cineasta portuguesa Noémia Delgado, que apresenta a preparação e o desenvolvimento das festas do nordeste transmontano em Portugal, e o documentário “Yãmĩyhex: as mulheres-espírito”, de Sueli Maxakali e Isael Maxakali, que acompanha o ritual de despedida das mulheres-espírito da Aldeia Verde, em Minas Gerais.

A mostra inclui ainda dois videoclipes: “Hat-trick” (2019), do rapper Djonga, e “Lança de coco” (2014), de MC Bin Laden, raras oportunidades de assistir ao formato na sala escura do cinema. Em diálogo com outras linguagens, entre algumas sessões da mostra serão exibidas fotos do ensaio “Máscaras para rituais do mundo em crise”, produzido pelo artista Denilson Baniwa para o Convida, programa de incentivo artístico promovido pelo IMS.

Assista ao trailer da Mostra Máscaras:

 

Obras em exibição:

LONGAS
A hora do show (Bamboozled), Spike Lee | EUA | 2000, 135′
A Lira do Delírio, Walter Lima Jr. | Brasil | 1978, 105′
A negra de… (La Noire de…), Ousmane Sembène | Senegal, França | 1966, 65′
A tragédia da Mina (Kameradschaft), Georg Wilhelm Pabst | Alemanha, França | 1931, 93′
Imitação da vida (Imitation of Life), Douglas Sirk | EUA | 1959, 125′
Máscaras, Noémia Delgado | Portugal | 1976, 115′
Medusa, Anita Rocha da Silveira | Brasil | 2021, 127′
O fantasma do paraíso (Phantom of the Paradise), Brian De Palma | EUA | 1974, 92′
O Homem Elefante (The Elephant Man), David Lynch | EUA, Reino Unido | 1980
O massacre da serra elétrica (The Texas Chainsaw Massacre), Tobe Hooper | EUA | 1974, 83′
O segundo rosto (Seconds), John Frankenheimer | EUA | 1966, 106′
Seguindo todos os protocolos, Fábio Leal | Brasil | 2021, 74’
Yãmĩyhex: as mulheres-espírito, Sueli Maxakali, Isael Maxakali | Brasil | 2019, 72′

CURTAS e videoclipes
Cinema contemporâneo, Felipe André Silva | Brasil | 2019, 5′
Eron, o protético morcego, Irmãos Carvalho | Brasil | 2014, 15′
Hat-trick, Djonga, 176 Studio | Brasil | 2019, 5′
Lança de coco (No passinho do romano), MC Bin Laden | Brasil | 2014, 2′
Long Live the New Flesh, Nicholas Provost | Bélgica | 2011, 14′
Manaus, uma cidade na aldeia, Uýra Sodoma | Brasil | 2020, 6′
Movimento, Gabriel Martins | Brasil | 2020, 12′
O colírio do Corman me deixou doido demais, Ivan Cardoso | Brasil | 2020, 18′
Solon, Clarissa Campolina | Brasil | 2016, 16’

SESSÃO DE CURTAS
Longa vida ao cinema cearense, Luiz Pretti, Ricardo Pretti | Brasil | 2008, 11′
Manual do zueiro sem noção, Joacélio Batista | Brasil | 2020, 16′
Menino fantoche (Dockpojken), Johannes Nyholm | Suécia | 2008, 27′
Resgate Cultural – O filme, Telephone Colorido | Brasil | 2001, 19′
X-MANAS, Clarissa Ribeiro | Brasil | 2017, 18′

FOTOGRAFIA
Máscaras para rituais do mundo em crise
Denilson Baniwa | Brasil | 2020, ensaio fotográfico, arquivos digitais

SERVIÇO
Mostra de cinema Máscaras
Até 29 de maio
IMS Paulista: Avenida Paulista, 2424 – São Paulo, SP
IMS Rio: Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea – Rio de Janeiro, RJ
Ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia)
Mais informações e programação completa aqui.

%d blogueiros gostam disto: