"O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias" (2006) - Foto: Divulgação
"O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias" (2006) - Foto: Divulgação

Mostra em Belo Horizonte destaca filmes sobre relações familiares

Até 1º de março, o MIS Cine Santa Tereza, em Belo Horizonte, apresenta a Mostra Álbum de Família, com exibições de filmes que abordam relações e contextos familiares a partir de diversas representações trazidas pelo cinema brasileiro. As sessões têm entrada gratuita, mediante retirada de ingressos com 30 minutos de antecedência.

A programação reúne obras de ficção que tratam as formas plurais assumidas historicamente pelas configurações familiares, abordando o afeto, os conflitos e as complexas questões objetivas e subjetivas que atravessam as relações entre pais, mães, filhos, irmãos e outros parentes, consanguíneos ou não, bem como as implicações do cenário político na vida privada.

Dentre os filmes selecionados, destacam-se “O Canto do Mar” (1953), de Alberto Cavalcanti, um drama sobre a desagregação familiar imposta pela necessidade de migração que se colocava aos trabalhadores e trabalhadoras nordestinos na década de 1950; “Bicho de Sete Cabeças” (2000), aclamado filme da diretora Laís Bodanzky com o ator Rodrigo Santoro no papel de um jovem internado pelo pai em uma instituição manicomial, onde enfrenta péssimas condições de tratamento; e “Família no Papel” (2011), de Fernanda Friedrich e Bruna Wagner, que mostra a vida de casais homoafetivos com seus filhos, expondo as batalhas que eles enfrentam para se tornarem “no papel” a família que já são na vida real.



Além disso, a Mostra Álbum de Família exibe filmes sobre as relações diretas entre família e política como “O Ano em que Meus Pais Saíram de Férias” (2006), de Cao Hamburguer, “Diário de uma Busca” (2010), de Flávia Castro, e ”Zuzu Angel” (2006), de Sérgio Resende, que traduzem os efeitos perversos da ditadura civil-militar na vida familiar de inúmeros brasileiros.

Também os aspectos da memória, indissociáveis da vida familiar e da história pessoal de cada um, são abordados pelos filmes “Elena” (2012), de Petra Costa, que resgata os caminhos percorridos pela irmã da diretora ao tentar a vida de atriz em Nova York, e “Santiago” (2007), de João Moreira Salles, que revisita a própria história do diretor através das lembranças do mordomo da família que trabalhou em sua casa por 30 anos.

A programação completa está disponível na página do MIS Cine Santa Tereza no Facebook.

SERVIÇO
Mostra Álbum de Família
Até 1º de março
MIS Cine Santa Tereza
Rua Estrela do Sul, 89, Santa Tereza – Praça Duque de Caxias
ENTRADA GRATUITA
Informações para o público: (31) 3277-4699

Com informações da assessoria de imprensa da Fundação Municipal de Cultura de Belo Horizonte.

%d blogueiros gostam disto: