"O Chão Sob Meus Pés" (2019) - Distribuição: Supo Mungam Films
"O Chão Sob Meus Pés" (2019) - Distribuição: Supo Mungam Films

“O Orfanato” e “O Chão Sob Meus Pés” serão lançados nos cinemas após pandemia

A distribuidora Supo Mungam Films divulgou os trailers e os cartazes nacionais de dois de seus próximos lançamentos no Brasil: “O Orfanato” e “O Chão Sob Meus Pés”.

Diferente de outras produções independentes que acabaram sendo lançadas no streaming devido ao fechamento temporário dos cinemas, os dois longas serão exibidos na tela grande tão logo as salas voltem a funcionar e seja seguro frequentá-las. No entanto, como ainda não é possível termos certeza de quando viveremos esse cenário pós-pandemia, a Supo Mungam não antecipou as datas de lançamento.

“O Orfanato””, da diretora Shahrbanoo Sadat, é um filme do Afeganistão que participou da Quinzena dos Realizadores do Festival de Cannes em 2019. A trama principal é a história de Qodrat, jovem fã de Bollywood que mora nas ruas de Cabul, no final dos anos 80. Ele vende ingressos de cinema ilegalmente, até que um dia é pego por oficiais e levado para um orfanato soviético.

O longa é a segunda parte de uma pentalogia planejada pela diretora, iniciada com ““Lobo e Ovelha””, e é inspirada no diário não-publicado de Anwar Hashimi, que interpreta o supervisor do orfanato.

Além de Cannes, ““O Orfanato”” também passou pelos festivais de Munique, Bruxelas, Sarajevo, Chicago, Londres, Busan e levou o Arau de Ouro de Melhor Filme no Festival de Reyjavik.

““O Chão Sob Meus Pés””, quarto filme da diretora austríaca Marie Kreutzer, concorreu ao Urso de Ouro no 69º Festival de Berlim. O filme traz a história de uma consultora de negócios que gerencia sua carreira e a vida pessoal perfeitamente, até que uma reviravolta a faz perder o controle da realidade e de sua vida.

Drama psicológico com toques de suspense, o longa é uma declaração feminista ao trazer os medos da protagonista em ter desempenho inferior em um mundo profissional cruel. “O Chão Sob Meus Pés” é protagonizado por Valerie Pachner (““Uma Vida Oculta””) e esteve também nas seleções dos Festival MixBrasil e do Festival do Rio de 2019.

Com informações da assessoria de imprensa da Supo Mungam Films.

%d blogueiros gostam disto: