“As Mil e Uma” (2020), de Clarisa Navas - Divulgação
“As Mil e Uma” (2020), de Clarisa Navas - Divulgação

28º Festival Mix Brasil acontece online e exibe 101 filmes

Entre os dias 11 e 22 de novembro, o Festival Mix Brasil realiza a sua 28ª edição de forma online e gratuita, podendo ser assistido de qualquer parte do país. Quem estiver em São Paulo, tradicional cidade-sede do evento, poderá acompanhar algumas sessões presenciais no CineSesc, além de espetáculos teatrais e exposição em diversos Centros Culturais.

O Mix Brasil é um dos mais importantes e celebrados eventos de cultura dedicados à diversidade do mundo. Este ano a homenageada com o prêmio Ícone Mix será a drag queen Marcia Pantera, criadora do movimento “Bate-cabelo” e destaque em diversos filmes do cinema nacional.

A programação traz 101 filmes de 24 países. Entre eles está o premiado filme argentino, “As Mil e Uma”, de Clarisa Navas. O longa foi selecionado para a seção Panorama do Festival de Berlim e é inédito no Brasil. Outros destaques incluem “Lingua Franca”, de Isabel Sandoval, eleito o melhor filme do Queer Lisboa deste ano; e “Verão de 85”, um dos mais novos trabalhos do cultuado diretor francês François Ozon.

Nove títulos compõem a Mostra Competitiva de filmes brasileiros, sendo que maioria fará a sua première nacional no festival. Os selecionados são: “A Torre”, de Sérgio Borges (MG); “Alfabeto Sexual”, de André Medeiros Martins (SP); “Limiar”, de Coraci Ruiz (SP); “Mães do Derick” de Dê Kelm (PR); “Meu Nome é Bagdá”, de Caru Alves de Souza (SP); “Para Onde Voam as Feiticeiras”, de Eliane Caffé, Carla Caffé e Beto Amaral (SP); “Valentina”, de Cássio Pereira Dos Santos (MG/DF); “Vento Seco”, de Daniel Nolasco (GO), e “Vil, Má”, de Gustavo Vinagre (SP).

A programação online ainda conta com apresentações de espetáculos teatrais, música, seminário de literatura e debates sobre temas relevantes para comunidade LGBTQIA+. Tudo pode ser acessado gratuitamente pelo site mixbrasil.org.br. Os filmes poderão ser assistidos pelas plataformas Spcine Play, InnSaei TV e Sesc Digital. Vale lembrar que o acesso a alguns títulos é limitado.

Com informações da assessoria de imprensa do Festival Mix Brasil.

%d blogueiros gostam disto: