"Os Últimos Dias de Gilda" (2020) - Divulgação

Série “Os Últimos Dias de Gilda” vai para o Festival de Berlim e ganha exibição gratuita

A série do Canal Brasil “Os Últimos Dias de Gilda” foi selecionada para o Festival de Berlim 2021. A produção brasileira irá participar do programa Berlinale Series, criado em 2015 para valorizar trabalhos inovadores em formato seriado, tanto para TV quanto para plataformas de streaming. A argentina “Entre hombres”, criada por Pablo Fendrik e exibida pela HBO, também está na seleção.

“Os Últimos Dias de Gilda” tem como protagonista Karine Teles e é dirigida por Gustavo Pizzi, que coescreveu o roteiro com a atriz. Ambos trabalharam juntos também nos premiados filmes “Benzinho” e “Riscado”.

Lançada em novembro de 2020, a série propõe uma reflexão sobre liberdade, o papel da mulher, a aceitação do corpo e a onda de conservadorismo dos dias atuais. O roteiro tem como base o monólogo teatral concebido por Rodrigo Roure e levado aos palcos pela primeira vez em 2004. A própria Karine protagonizou uma reencenação nos tablados, em 2018.

Na trama, Gilda é uma mulher livre, no mais amplo sentido da palavra, e cada um dos quatro episódios mostra como o comportamento da protagonista incomoda muita gente ao seu redor. O elenco também conta com a atriz Julia Stockler, do filme “A Vida Invisível” (veja entrevista), além de Igor Campanaro, Ana Carbatti, Antonio Saboia e Erom Cordeiro.

"Os Últimos Dias de Gilda" (2020) - Divulgação
“Os Últimos Dias de Gilda” (2020) – Divulgação

Exibição gratuita

Para celebrar a seleção para o Festival de Berlim, a Globoplay disponibiliza “Os Últimos Dias de Gilda” gratuitamente para não assinantes da plataforma até a próxima segunda-feira, 1º de fevereiro. Acesse aqui.

A série também será exibida pelo Canal Brasil nesta sexta-feira, 29 de janeiro, a partir das 23h15, em uma maratona dos episódios. Quem é assinante do canal também tem acesso à série, a qualquer tempo, pela plataforma de streaming Canal Brasil Play.

Festival dividido

A 71ª edição do Festival de Berlim irá acontecer em duas partes, devido à pandemia de Covid-19. Uma versão online do evento será realizada em março para agentes do mercado audiovisual e com exibição dos filmes em competição exclusivamente para o júri. Já no mês de junho, os títulos premiados e os demais selecionados serão exibidos para o público em um evento presencial, na capital alemã.

%d blogueiros gostam disto: