Dica de filme: “O Homem que Virou Suco”

"O Homem que Virou Suco" (1979), de João Batista de Andrade - Divulgação
"O Homem que Virou Suco" (1979), de João Batista de Andrade - Divulgação

Brasil | 1979 | 94 min

José Dumont (“Narradores de Javé”) venceu o prêmio de Melhor Ator nos festivais de Brasília e Gramado por este incrível filme de João Batista de Andrade (“O País dos Tenentes”), um manifesto sobre o enfrentamento da arte contra um sistema capitalista e burocrático, além de ser uma crítica feroz contra a precarização do trabalho e o preconceito contra nordestinos em meio ao crescimento da migração para o Sudeste. O protagonista é um poeta paraibano que tenta sobreviver de seus escritos em São Paulo, mas se depara com várias dificuldades. Como se não bastasse ver seus poemas serem desprezados pelas autoridades e por vizinhos, ele ainda é perseguido pela polícia após um sósia assassinar um empresário rico. Na análise de Jean-Claude Bernardet, Andrade criou um “intelectual do povo” no desejo de fazer um cinema político capaz de chegar às classes populares.

Onde ver “O Homem que Virou Suco”: Spcine Play (gratuito) | Mais info: Itaú Cultural

 

Receba dicas de filmes como esta toda semana no seu e-mail!
Junte-se ao Cineclube Cinematório. Você apoia o site e tem acesso à Seleção Oficial, nossa newsletter de dicas de streaming.

Cineclube Cinematório

%d blogueiros gostam disto: