"Sonhos de Ouro" (Sogni d'oro, 1981), de Nanni Moretti - Divulgação
"Sonhos de Ouro" (Sogni d'oro, 1981), de Nanni Moretti - Divulgação

Reserva Imovision: filmes que estreiam em dezembro

Entre os lançamentos de dezembro, a Reserva Imovision apresenta quatro filmes do prestigiado diretor italiano Nanni Moretti (“Habemus Papam”) realizados entre as décadas de 1970 e 1990: “A Coisa”, “Sonhos de Ouro”, “Ecce Bombo” e “Eu Sou Autossuficiente”. Os premiados “As Boas Maneiras”, “Azul é a Cor Mais Quente” e “Um Estranho no Lago” também chegam ao catálogo.

A Reserva Imovision é a plataforma de streaming da distribuidora Imovision, responsável por lançar no Brasil filmes premiados em festivais internacionais, além de produções brasileiras prestigiadas. Títulos inéditos entram em cartaz toda semana, além de lançamentos temáticos.

Confira a seleção de lançamentos da Reserva Imovision para dezembro:



01/12 – A COISA
de Nanni Moretti

O Partido Comunista Italiano (PCI) vai mudar de nome e identidade e renovar-se em uma “coisa” nova. Este documentário é uma seleção das conversas que aconteceram em várias seções do partido em toda a Itália antes do congresso histórico.

03/12 – VERÃO
de Kirill Serebrennikov

No verão de 1981, o rock underground chegava na Rússia Soviética, mais precisamente em Leningrado, onde hoje localiza-se a cidade de St. Petersburg. Sob a influência de artistas internacionais, como Led Zeppelin e David Bowie, o rock vibrava na cidade, marcando o nascimento de uma nova geração de artistas independentes. O jovem Viktor Tsoi (Teo Yoo) ganhou fama internacional e tornou-se o primeiro grande representante russo do gênero. Além da música, ele também ficou conhecido pelas polêmicas relacionadas a sua vida pessoal, como o triângulo amoroso que viveu junto com o seu mentor musical, Mike, e a esposa dele, Natasha.

08/12 – SONHOS DE OURO
de Nanni Moretti

O realizador Michele Apicella participa em debates sobre os seus filmes e começa a preparar uma nova obra, A Mãe de Freud, em que um velho louco que ainda vive com a mãe pensa que é Sigmund Freud. Enquanto isso, enfrenta a sua vida diária alternada com sonhos cada vez mais reais e absurdos.

10/12 – AS BOAS MANEIRAS
de Juliana Rojas e Marco Dutra

Clara, enfermeira solitária da periferia de São Paulo, é contratada pela rica e misteriosa Ana como babá de seu futuro filho. Uma noite de lua cheia muda para sempre a vida das duas mulheres.

15/12 – ECCE BOMBO
de Nanni Moretti

Michele Apicella é um jovem neurótico que lida com questões familiares ocasionalmente concentradas em torno de sua mãe lunática. Ele está frequentemente reunido com seus amigos, com quem ele discute e reage às questões do dia. Ele tenta encontrar um propósito para sua vida e algum tipo de aventura.

17/12 – AZUL É A COR MAIS QUENTE
de Abdellatif Kechiche

Aos 15 anos, Adèle não tem duvidas de que garotas saem com garotos. Sua vida muda para sempre ao conhecer Emma, uma jovem de cabelos azuis, que a permitirá conhecer novos desejos e se conhecer como mulher e adulta. Diante disso, Adele cresce, procura-se, perde-se, encontra-se…

22/12 – EU SOU AUTOSSUFICIENTE
de Nanni Moretti

O filme narra as desventuras de um grupo de atores oprimidos por um diretor tirânico. Ao mesmo tempo, seu amigo Michele convive com o fracasso de seu casamento com Silvia e ter de cuidar da filha, Andrea.

24/12 – A ÚLTIMA VIDA DE SIMON
de Léo Karmann

Simon tem 8 anos e é órfão. Seu sonho é encontrar uma família disposta a recebê-lo. Porém, Simon não é uma criança como os outros. Ele tem um poder secreto: Simon é capaz de assumir a aparência de cada pessoa que já tocou.

29/12 – UM ESTRANHO NO LAGO
de Alain Guiraudie

Durante o verão, homens se encontram na beira de um lago escondido. Franck (Pierre Deladonchamps) se apaixona por Michel (Christophe Paou), um homem bonito, poderoso e mortalmente perigoso. Franck sabe com quem está se envolvendo, mas ignora o perigo para poder viver essa paixão.

31/12 – SÃO SILVESTRE
de Lina Chamie

São Silvestre é a corrida de rua mais famosa do Brasil, realizada anualmente em São Paulo no dia 31 de dezembro. O filme constrói de maneira sensorial a experiência de correr uma maratona: respiração, ritmo, concreto, céu, som, memória, sonho e o corpo a corpo entre o homem e a cidade.

Com informações da assessoria de imprensa da Imovision.

%d blogueiros gostam disto: