Clique para reproduzir em uma nova janela | Download

Ou assine o feed principal com todos os nossos podcasts:
iTunes | Android | RSS

Na edição #7 do Em Foco, em clima de Dia das Bruxas, discutimos o filme “Monstros” (Freaks, Estados Unidos, 1932). Dirigido por Tod Browning (“Drácula”, de 1931, com Bela Lugosi), “Monstros” foi um marco na época em que foi realizado, por colocar como protagonistas de um filme de horror pessoas com deficiência que trabalhavam de fato como atrações circenses. No programa, nós debatemos a controversa inserção do filme no gênero horror e outros aspectos que tornam esta obra algo sem igual na história do cinema.

Participam deste programa: Renato Silveira, Raquel Gomes, Antônio Tinôco, Ana Lúcia Andrade e a estreante em nossa equipe, Stephania Amaral.

Edição e mixagem de áudio: Eduardo Garcia.

No Em Foco, você ouve debates e análises de filmes, sejam eles clássicos, grandes sucessos de bilheteria e de crítica, produções que marcaram época ou que foram redescobertas com o passar dos anos, não importa o país de origem. Além disso, você revisita conosco a filmografia de cineastas que deixaram sua assinatura na história do cinema.

Textos, imagens e outros materiais relacionados ao debate deste episódio:

Crítica do jornal The New York Times publicada na época do lançamento do filme (em inglês)

Crítica, por Ed Gonzalez (Slant, em inglês)

Crítica, por Alexandre Macedo (blog Análise Indiscreta)

Notas da produção e análise, por Gary Morris e Mark A. Vieira (Bright Lights Film Journal, em inglês)

— Artigo: “A América de Tod Browning”, por Rodolfo Stancki (A Escotilha)

— Dissertação: “Monstrumanidade: O Encontro entre o Humano e o Monstro no Cinema de Tod Browning”, por Verônica D’Agostino Piqueira (Instituto Presbiteriano Mackenzie)

— Playlist com cenas do filme (sem legendas):

— Documentário “Freaks – Sideshow Cinema” (2004), com legendas em inglês:

— Letreiro inserido antes do filme na década de 1940:

— Compre o filme em DVD:


Apoio:

%d blogueiros gostam disto: