Sammie: Melhores e Piores Filmes de 2010

A Pixar fez de novo.
Toy Story 3” recebe da equipe do cinematório o Sammie de Melhor Filme de 2010.
Pelo segundo ano consecutivo, a eleição foi realizada pelo sistema de soma de pontos: o primeiro lugar das listas individuais de cada membro da equipe recebe dez pontos, o segundo soma nove pontos, o terceiro, oito, e assim por diante.
“Tropa de Elite 2” chegou perto do gran finale da trilogia de Woody, Buzz e cia., como vocês poderão ver no nosso top 10 geral, logo abaixo. Outros filmes que têm se destacado nas premiações internet e mundo a fora também compareceram, como “O Escritor Fantasma”, “Mary e Max” e “A Rede Social”. Mas um filme não foi sequer citado pelos membros da nossa equipe.
Como num sonho dentro de um sonho, dentro de outro sonho, “A Origem” ficou perdido no limbo das nossas listas e não somou nem um pontinho. Esta é, portanto, a grande surpresa da nossa premiação. (E se me permitem, estou orgulhoso demais do Sammie ser exclusivo nesse sentido!) Por outro lado, o vencedor da Palma de Ouro “A Fita Branca” também não foi lembrado.
Piores do ano
Uwe Boll curtiu isto
E para “celebrar” os piores do ano, instituímos nesta edição um novo prêmio: é o Uwie, nossa “desomenagem” ao pior diretor dos últimos tempos, o infame Uwe Boll. E o primeiro a receber esta desonraria é Andy Tennant, com “Caçador de Recompensas“, disparado o pior filme entre todos os votos da nossa equipe, conquistando três poles em cinco listas. Na verdade, Tennant é praticamente um bicampeão, já que também foi eleito pior do ano por mim em 2009 com “Um Amor de Tesouro”. Parabéns, meu caro!

UPDATE: Troféus Especiais

Já está no ar a lista com os troféus especiais: Melhor Diálogo, Melhor Final, O Cara Mais Engraçado, Troféu John Travolta, Troféu Tarantino, e muito mais! Veja aqui.

Confira todas as listas do Sammie 2011!
Top 10 cinematório
1. “Toy Story 3”, Lee Unkrich – 33 pontos
2. “Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro”, José Padilha – 30 pontos
3. “O Escritor Fantasma”, Roman Polanski – 23 pontos
4. “Mary e Max, Uma Amizade Diferente”, Adam Elliott – 21 pontos
5. “A Rede Social”, David Fincher – 21 pontos
6. “O Segredo dos Seus Olhos”, Juan José Campanella – 18 pontos
7. “Scott Pilgrim Contra o Mundo”, Edgar Wright – 17 pontos
8. “Como Treinar Seu Dragão”, Chris Sanders e Dean DeBlois – 10 pontos
9. “Onde Vivem os Monstros“, Spike Jonze – 10 pontos
10. “Procurando Elly”, Asghar Farhadi – 10 pontos
Bottom 10 cinematório
1. “Caçador de Recompensas”, Andy Tennant – 30 pontos
2. “Idas e Vindas do Amor”, Garry Marshall – 18 pontos
3. “Shrek Para Sempre”, Mike Mitchell – 15 pontos
4. “Encontro Explosivo”, James Mangold – 12 pontos
5. “Comer Rezar Amar“, Ryan Murphy – 10 pontos
6. “Contatos de 4º Grau”, Olatunde Osunsanmi – 10 pontos
7. “Lembranças”, Allen Coulter – 10 pontos
8. “Juntos Pelo Acaso”, Greg Berlanti – 9 pontos
9. “O Preço de uma Traição”, Atom Egoyan – 9 pontos
10. “Repo Men – O Resgate de Órgãos”, Miguel Sapochnik – 9 pontos
Também com 9 pontos: “A Saga Crepúsculo: Eclipse”, David Slade; “Skyline – A Invasão”, Colin Strause e Greg Strause; “Tiras em Apuros”, Kevin Smith
Renato Silveira
Melhores
1. “Mary e Max, Uma Amizade Diferente”, Adam Elliott
2. “O Segredo dos Seus Olhos”, Juan José Campanella
3. “O Escritor Fantasma”, Roman Polanski
5. “Toy Story 3”, Lee Unkrich
6. “A Rede Social”, David Fincher
7. “Senna”, Asif Kapadia
8. “Um Homem Sério”, Joel e Ethan Coen
9. “Um Homem Misterioso”, Anton Corbijn
10. “Scott Pilgrim Contra o Mundo”, Edgar Wright
Menções honrosas: “Guerra ao Terror”, Kathryn Bigelow, e “Cabeça a Prêmio”, Marco Ricca
Piores
1. “Caçador de Recompensas”, Andy Tenant
2. “O Preço de uma Traição”, Atom Egoyan
3. “Plastic City – Cidade de Plástico”, Nelson Yu Lil-wai
4. “Insolação”, Daniela Thomas e Felipe Hirsch
5. “Shrek Para Sempre”, Mike Mitchell
6. “Percy Jackson e o Ladrão de Raios”, Chris Columbus
7. “Idas e Vindas do Amor”, Garry Marshall
8. “Repo Men – O Resgate de Órgãos”, Miguel Sapochnik
9. “Tiras em Apuros”, Kevin Smith
10. “A Saga Crepúsculo: Eclipse”, David Slade
Menções desonrosas: “Segurança Nacional”, Roberto Carminati, e “A Hora do Pesadelo”, Samuel Bayer
Guilherme Tomasi
Melhores
1. “Scott Pilgrim Contra o Mundo”, Edgar Wright
2. “Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro”, José Padilha
3. “A Rede Social”, David Fincher
4. “Atração Perigosa”, Ben Affeck
5. “Toy Story 3”, Lee Unkrich
6. “Como Treinar Seu Dragão”, Chris Sanders e Dean DeBlois
7. “O Profeta”, Jacques Audiard
8. “À Prova de Morte”, Quentin Tarantino
9. “Megamente”, Tom McGrath
10. “Ilha do Medo”, Martin Scorsese
Menção honrosa: “Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme”, Oliver Stone
Piores
1. “Caçador de Recompensas”, Andy Tenant
2. “Encontro Explosivo”, James Mangold
3. “A Epidemia”, Breck Eisner
4. “Tiras em Apuros”, Kevin Smith
5. “Dupla Implacável”, Pierre Morel
6. “Jonah Hex”, Jimmy Hayward
7. “Par Perfeito”, Robert Luketic
8. “Alice no País das Maravilhas”, Tim Burton
9. “Fúria de Titãs”, Louis Leterrier
10. “Resident Evil 4: O Recomeço”, Paul W.S. Anderson
Menção desonrosa: “Os Mercenários”, Sylvester Stallone
Mariana Deslandes
Melhores
1. “Onde Vivem os Monstros”, Spike Jonze
2. “O Segredo dos Seus Olhos”, Juan José Campanella
3. “Toy Story 3”, Lee Unkrich
4. “Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro”, José Padilha
5. “Entre Irmãos”, Jim Sheridan
6. “Invictus”, Clint Eastwood
7. “Ilha do Medo”, Martin Scorsese
8. “Minhas Mães e Meu Pai”, Lisa Cholodenko
9. “Você Vai Conhecer o Homem dos Seus Sonhos”, Woody Allen
Menções honrosas: “Alice no País das Maravilhas”, Tim Burton, e “Tudo Pode Dar Certo”, Woody Allen
Piores
1. “Contatos de 4º Grau”, Olatunde Osunsanmi
2. “Skyline – A Invasão”, Colin Strause e Greg Strause
3. “Cartas Para Julieta”, Gary Winick
4. “Idas e Vindas do Amor”, Garry Marshall
5. “Plano B”, Alan Poul
6. “Zona Verde”, Paul Greengrass
7. “Repo Men – O Resgate de Órgãos”, Miguel Sapochnik
8. “Encontro Explosivo”, James Mangold
9. “Comer Rezar Amar”, Ryan Murphy
10. “O Golpista do Ano”, John Requa, Glenn Ficarra
Menções desonrosas: “Querido John”, Lasse Hallström, e “Lembranças”, Allen Coulter
Vitor Drumond
Melhores
1. “Procurando Elly”, Asghar Farhadi
2. “Tudo Pode Dar Certo“, Woody Allen
3. “A Rede Social”, David Fincher
4. “Guerra ao Terror“, Kathryn Bigelow
5. “O Escritor Fantasma”, Roman Polanski
6. “Toy Story 3”, Lee Unkrich
7. “Ilha do Medo”, Martin Scorsese
8. “Mother – A Busca Pela Verdade”, Bong Joon-ho
9. “Vencer”, Marco Bellocchio
10. “Mary e Max, Uma Amizade Diferente”, Adam Elliott
Menções honrosas: “O Brilho de Uma Paixão”, Jane Campion, “Soul Kitchen“, Fatih Akin, “As Melhores Coisas do Mundo”, Laís Bodanzky, “Dzi Croquettes“, Tatiana Issa e Raphael Alvarez, “Kick-Ass”, Matthew Vaughn, e “Minha Terra, África”, Claire Denis.
Piores
1. “Lembranças”, Allen Coulter
2. “Juntos Pelo Acaso”, Greg Berlanti
3. “Comer Rezar Amar“, Ryan Murphy
4. “De Pernas Pro Ar”, Roberto Santucci
5. “Piranha 3D”, Alexandre Aja
6. “A Vida Durante a Guerra“, Todd Solondz
7. “A Caixa”, Richard Kelly
8. “Nine”, Rob Marshall
9. “Lula, O Filho do Brasil”, Fábio Barreto
10. “Uma Noite Fora de Série”, Shawn Levy
Menções desonrosas: “Sherlock Holmes”, Guy Ritchie, e “RED – Aposentados e Perigosos”, Robert Schwentke.
Raquel Gomes
Melhores
1. “Mary e Max, Uma Amizade Diferente”, Adam Elliott
2. “O Escritor Fantasma”, Roman Polanski
3. “Toy Story 3”, Lee Unkrich
4. “Tropa de Elite 2 – O Inimigo Agora é Outro”, José Padilha
5. “Scott Pilgrim Contra o Mundo”, Edgar Wright
6. “Como Treinar Seu Dragão”, Chris Sanders e Dean DeBlois
7. “Zumbilândia”, Ruben Fleischer
8. “A Estrada”, John Hillcoat
9. “Vício Frenético”, Werner Herzog
10. “Atração Perigosa”, Ben Affleck
Menções honrosas: “Mother – A Busca Pela Verdade”, Bong Joon-ho, e “O Mundo Imaginário do Dr. Parnassus”, Terry Gilliam
Piores
1. “Caçador de Recompensas”, Andy Tenant
2. “Shrek Para Sempre”, Mike Mitchell
3. “A Saga Crepúsculo: Eclipse”, David Slade
4. “Idas e Vindas do Amor”, Garry Marshall
5. “Nosso Lar”, Wagner de Assis
6. “Caso 39”, Christian Alvart
7. “Direito de Amar”, Tom Ford
8. “Os Homens que Não Amavam as Mulheres”, Niels Arden Oplev
9. “Repo Men – O Resgate de Órgãos”, Miguel Sapochnik
10. “A Hora do Pesadelo”, Samuel Bayer
Menção desonrosa: “O Golpista do Ano”, John Requa, Glenn Ficarra
%d blogueiros gostam disto: