Parabólica: O novo Superman, "O Discurso do Rei" franco favorito ao Oscar, mais: Sundance, RIP John Barry, "Up" live-action e Bruna Surfistinha


Foto-montagem por Ralph Damiani

A semana começou quente já no domingo com o anúncio de Henry Cavill como o novo Superman. O ator ganhou este ano o troféu Por Eles ELAS Entram em Coma!, o que certamente influenciou na decisão da Warner. :)

Ainda sobre o novo Superman, o blog The Playlist lista os cinco vilões que poderiam ser usados no filme. E Lex Luthor não está entre eles.

A corrida pelo Oscar também segue agitada e “O Discurso do Rei” toma a dianteira isolado ao vencer o prêmio do DGA, o sindicato dos diretores. A última vez que um vencedor do DGA não ganhou o Oscar de Direção foi em 2003, quando Roman Polanski (“O Pianista”) bateu Rob Marshall (“Chicago”). Ainda dá, Fincher. Ainda dá.

E adivinhe quem ganhou a premiação do SAG, o sindicato dos atores? Ele mesmo, “O Discurso do Rei”, com melhor ator e elenco. “O Vencedor” teve os melhores coadjuvantes e Natalie, sempre Natalie, melhor atriz.

Os vencedores de Sundance, incluindo “Senna” como Melhor Documentário segundo o Júri Popular.

Morreu o compositor John Barry, aos 77 anos. Entre seus trabalhos mais marcantes, estão 12 filmes do James Bond, “Perdidos na Noite”, “O Leão no Inverno”, “Dança Com Lobos” e “Entre Dois Amores”.

O garoto Kodi Smit-McPhee, em cartaz com “Deixe-Me Entrar“, está no elenco do próximo filme de Ari Folman, diretor de “Valsa Com Bashir”. O projeto é uma ficção-científica que pode ser considerada um “Crepúsculo dos Deuses” futurista. Robin Wright será uma atriz em decadência porque os estúdio pararam de contratá-la para usarem apenas a sua imagem. O longa também será uma animação, ao estilo de “Bashir”. Mais informações.

Por algum motivo obscuro, John Woo voltou a falar em produzir uma refilmagem de “The Killer”. Agora, em 3D.

E se a Pixar tivesse feito “Up – Altas Aventuras” em 1965?

Via @SylvioGoncalves

Numa quase continuação de “Eu Te Amo, Cara”, Jason Segel e Paul Rudd finalmente encontram os membros do Rush no camarim.

E para finalizar, o péssimo cartaz de “Bruna Surfistinha”.

%d blogueiros gostam disto: