Nós aqui no cinematório aderimos à hashtag #31DiasDeHalloween no Instagram (o que, você ainda não está nos seguindo?) e decidimos recomendar somente filmes de terror brasileiros. Hoje, a gente completa o "álbum de figurinhas" com aquele com quem começamos a brincadeira (ou travessura): o mestre José Mojica Marins, criador do Zé do Caixão. Para quem acha que não tem tanto filme assim dentro do gênero no Brasil, olha aí embaixo todos os filmes que nós indicamos. E ainda ficou muita coisa de fora!

#31DiasDeHalloween: 31 filmes de terror brasileiros

Nós aqui no cinematório aderimos à hashtag #31DiasDeHalloween no Instagram (o que, você ainda não está nos seguindo?) e decidimos recomendar somente filmes de terror brasileiros. Hoje, a gente completa o “álbum de figurinhas” com aquele com quem começamos a brincadeira (ou travessura): o mestre José Mojica Marins, criador do Zé do Caixão. Para quem acha que não tem tanto filme assim dentro do gênero no Brasil, olha aí embaixo todos os filmes que nós indicamos. E ainda ficou muita coisa de fora!

Passe o mouse por cima ou clique nas imagens para mais informações sobre cada filme.

Dia 1: “À Meia-Noite Levarei Sua Alma” (1964), de José Mojica Marins Dia 2: “Um Lobisomem na Amazônia” (2005), de Ivan Cardoso Dia 3: “Quando Eu Era Vivo” (2014), de Marco Dutra

Dia 4: "Ninfas Diabólicas" (1978), de John Doo Dia 5: "Nervo Craniano Zero" (2012), de Paulo Biscaia Filho Dia 6: "Shock: Diversão Diabólica" (1984), de Jair Correia

Dia 7: "Porto dos Mortos" (2010), de Davi de Oliveira Pinheiro Dia 8: "Zombio" (1999), de Peter Baiestorf Dia 9: "Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver" (1967), de José Mojica Marins

Dia 10: "A Noite do Chupacabras" (2011), de Rodrigo Aragão Dia 11: "Enigma Para Demônios" (1975), de Carlos Hugo Christensen Dia 12: "O Escaravelho do Diabo" (2016), de Carlo Milani

Dia 13: "Veneno" (1952), de Gianni Pons Dia 14: "Morgue Story: Sangue, Baiacu e Quadrinhos" (2009), de Paulo Biscaia Filho Dia 15: "Na Garganta do Diabo" (1960), de Walter Hugo Khouri

Dia 16: "O Anjo da Noite" (1974), de Walter Hugo Khouri Dia 17: "Mangue Negro" (2008), de Rodrigo Aragão Dia 18: "Ritual de Sádicos/ O Despertar da Besta" (1969/1982), de José Mojica Marins

Dia 19: "Sinfonia da Necrópole" (2014), de Juliana Rojas Dia 20: "Fantasma Por Acaso" (1946), de Moacyr Fenelon Dia 21: "Mate-me, Por Favor" (2015), de Anita Rocha da Silveira

Dia 22: "Estátua!" (2014), de Gabriela Amaral Almeida Dia 23: "A Mulher do Desejo" (1975), de Carlos Hugo Christensen Dia 24: "O Diabo Mora Aqui" (2015), de Rodrigo Gasparini e Dante Vescio

Dia 25: "Exorcismo Negro" (1974), de José Mojica Marins Dia 26: "Através da Sombra" (2015), de Walter Lima Jr. Dia 27: "O Signo de Escorpião" (1974), de Carlos Coimbra

Dia 28: "Mar Negro" (2013), de Rodrigo Aragão Dia 29: "Corpo" (2007), de Rossana Foglia e Rubens Rewald Dia 30: "Trabalhar Cansa" (2011), de Marco Dutra e Juliana Rojas

Dia 31: "Encarnação do Demônio" (2008), de José Mojica Marins

Como de hábito, infelizmente você deve ter dificuldade em achar parte dos filmes acima, mas não desista de procurar. No YouTube mesmo, você encontra alguns, ainda que a qualidade não esteja tão boa. A melhor dica continua sendo acompanhar mostras e festivais, onde há sempre a chance de assistir a versões restauradas e a filmes inéditos no circuito comercial. Sempre vale a pena descobrir e conhecer mais do nosso cinema.

%d blogueiros gostam disto: