"Mormaço" (2018) - Foto: Vitrine Filmes/Divulgação
"Mormaço" (2018) - Foto: Vitrine Filmes/Divulgação

Box Cine Brasil apresenta filmes brasileiros em mostra online e gratuita

Diante da impossibilidade de realizar a mostra Segunda no Cine em 2020, devido à pandemia de Covid-19, o Cine Theatro Brasil Valourec, localizado em Belo Horizonte, promove neste segundo semestre o Box Cine Brasil, projeto que inclui mostra online de filmes brasileiros contemporâneos e debates ao vivo sobre os desafios do setor no momento atual.

O lançamento aconteceu nessa segunda-feira, 6 de julho, com uma live sobre o cinema nos tempos do digital, em que foram discutidos diferentes aspectos da distribuição e do acesso aos filmes por meio das plataformas digitais, diante da impossibilidade de frequentarmos salas de cinema por causa da pandemia.

A conversa contou com participação de Daniel Queiroz, da distribuidora Embaúba Filmes, e dos editores do cinematório, Renato Silveira e Kel Gomes. A mediação ficou por conta do curador do Box Cine Brasil, Rodrigo Azevedo, e da produtora e assistente de curadoria Camila Lana. A gravação da live está disponível logo abaixo. As datas dos próximos debates serão divulgadas no Instagram e no Facebook do Cine Theatro Brasil.

Filmes

A programação do Box Cine Brasil será dividida em ciclos. O primeiro conta com quatro longas-metragens brasileiros contemporâneos. Os links para assistir a cada um deles serão disponibilizados, semanalmente, por e-mail, aos espectadores inscritos. O cadastro é gratuito e deve ser feito nesta página.

O primeiro cliclo se chama “Dentro do lado de fora”. Nos filmes selecionados, “os cenários exercem um peculiar papel de destaque; eles também são, por assim dizer, grandes protagonistas”, afirma a curadoria. “Por vezes agem como uma espécie de eco visual do interior dos personagens, uma extensão viva de sua existência. Outras vezes são campos de ruína e glória, capazes dar a resposta mais próxima para a seguinte pergunta: quem, afinal, são os humanos que habitam estas narrativas?” Os realizadores dessas obras convidam o espectador “a decifrar os simbolismos contidos nas histórias, mergulhar em profundas reflexões sobre a nossa relação com o mundo ao redor, como ele nos transforma e nós o transformamos”.

Confira a programação:

07/07 a 13/07 – MORMAÇO, dir. Marina Meliande, 2019 | Brasil | ficção | 94′ – classificação 14 anos

>> Ouça nosso podcast com a diretora

14/07 a 20/07 – BACURAU, dir. Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, 2019 | Brasil, França | ficção | 131′ – classificação 16 anos

>> Ouça nosso pdocast com debate sobre o filme

21/07 a 27/07 – DIVINO AMOR, dir. Gabriel Mascaro, 2019 |Brasil, Uruguai, Dinamarca | ficção | 99′ – classificação 18 anos

28/07 a 03/08 – BRANCO SAI, PRETO FICA, dir. Adirley Queirós, 2015 | Brasil |ficção | 93′ – classificação 14 anos