"Como Matar a Besta" (Matar a la bestia, 2021), de Agustina San Martín - Foto: Vitrine Filmes/Divulgação
"Como Matar a Besta" (Matar a la bestia, 2021), de Agustina San Martín - Foto: Vitrine Filmes/Divulgação

“Como Matar a Besta” é drama e terror com densidade sensorial

“Como Matar a Besta”, dirigido por Agustina San Martín, um filme de forte carga sensorial que se situa entre o drama e o horror.

Crítica do filme por Renato Silveira e Kel Gomes, editores do cinematório. Veja ou escute:

COMO MATAR A BESTA (Matar a la bestia, 2021, Argentina, Brasil, Chile)

Sinopse: Emilia chega a uma cidade religiosa na fronteira entre Argentina e Brasil. Ela busca pelo seu irmão desaparecido, com quem tem assuntos obscuros e mal resolvidos. Ela se hospeda na casa de sua estranha Tia Inés, próxima a floresta onde, de acordo com rumores, uma perigosa besta apareceu uma semana antes. A besta – as pessoas dizem – é o espírito de um homem mau que toma a forma de diferentes animais. Entre realidade e mitologia, humano e animal, e culpa e sexualidade, Emilia terá de confrontar seu passado.

Elenco: Tamara Rocca, Ana Brun, João Miguel, Sabrina Grinschpun, Juliette Micolta

Direção: Agustina San Martín

Roteiro: Agustina San Martín

Produção:  Diego Amson

Direção de Fotografia: Constanza Sandoval

Direção de arte: Agustín Ravotti

Trilha Sonora: O Grivo

Montagem: Hernán Fernández, Ana Godoy

Duração: 79 min

Distribuição: Vitrine Filmes

Nota:

Junte-se ao Cineclube Cinematório e tenha acesso a conteúdo exclusivo de cinema

Quer mandar um e-mail? Escreva para contato@cinematorio.com.br

%d blogueiros gostam disto: