Rapidinha: "Por Água Abaixo"

Primeira incursão da Aardman pela animação digital, “Por Água Abaixo” mantém o estilo criado pela produtora com “A Fuga das Galinhas” e “Wallace & Gromit – A Batalha dos Vegetais”, que torna seus personagens inconfudíveis, assim como são os da Disney, da Hanna-Barbera ou da Warner. E mesmo tendo sido feito via computação gráfica, o filme utiliza um software de renderização que faz com que a animação pareça ser feita em stop-motion, como os longas anteriores do estúdio. Prova de que a Aardman se estabeleceu no mercado é que o público já identifica as auto-referências espalhadas pelo filme, como o coelho de pelúcia no quarto de Roddy (o rato dublado por Hugh Jackman), igual aos vistos em “Wallace & Gromit”. O humor continua sendo o ponto forte, tanto nos diálogos quanto nas cenas de humor físico, e até mesmo em pequenas situações de fundo (como os jogos da Inglaterra transmitidos na TV). Os personagens são engraçados, com destaque, claro, para as lesmas, que pontuam quase todo o filme com suas mais variadas aparições. O roteiro é que peca um pouco por criar um plano pouco convincente para o vilão, que acaba tendo um fim equivalente. Mas se você for assistir pelas risadas, não ficará desapontado.

Por Água Abaixo (Flushed Away, 2006, Reino Unido/EUA), dir.: David Bowers, Sam Fell – em cartaz nos cinemas

%d blogueiros gostam disto: