cinematório awards 2009!

Após mais uma chatíssima cerimônia de entrega dos Globos de Ouro (ah, se não fosse o Mickey Rourke!), nada melhor do que iniciarmos a edição 2009 do cinematório awards!

Quem acompanha, sabe que nossa premiação anual se divide em etapas. Além da eleição dos melhores filmes do ano que passou, entregamos o Sammie – troféu simbólico concedido aos destaques que a maioria dos prêmios não valoriza, como a cena mais hilária do ano, o melhor diálogo, a melhor referência e por aí vai. Também temos os prêmios especiais (troféu “John Travolta”, troféu “Cera de Carnaúba”, “Oscar Confiscado”, entre outros). E, claro, o celebrado troféu “Por Ela Eu Entro em Coma!” – que este ano ganha sua contraparte, para a felicidade das leitoras que se sentiram ultrajadas por nosso machismo ao longo dos últimos quatro anos (agradeçam à Mariana e à minha noiva, Raquel).

Mas não vamos passar o carro na frente dos bois! Comecemos, então, com a revelação de nossas listas de melhores e piores filmes de 2008.
Os melhores filmes



Por relação de coincidência, o melhor filme absoluto de 2008, e que recebe seu respectivo Sammie, é “Batman – O Cavaleiro das Trevas“. O épico pop policial de Christopher Nolan foi o único título citado nas três listas. Merecidamente. Confira abaixo as seleções individuais de cada integrante da equipe do cinematório. Assim, você pode ter uma noção dos gostos de cada um.

As 10 obras-primas de 2008, por Renato Silveira*

1. “Na Natureza Selvagem”, de Sean Penn
2. “Sangue Negro”, de Paul Thomas Anderson
3. “WALL•E”, de Andrew Stanton
4. “Onde os Fracos Não Têm Vez”, de Ethan & Joel Coen
5. “Não Estou Lá”, de Todd Haynes
6. “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, de Christopher Nolan
7. “O Escafandro e a Borboleta”, de Julian Schnabel
8. “Linha de Passe”, de Walter Salles e Daniela Thomas
9. “Feliz Natal”, de Selton Mello
10. “O Orfanato”, de Juan Antonio Bayona

Menções honrosas: “O Nevoeiro”, de Frank Darabont, “Indiana Jones e o Reino da Caveira de Cristal”, de Steven Spielberg – e, sim, “Fim dos Tempos”, de M. Night Shyamalan

*Tradicionalmente, eu também divulgo a versão estendida da minha lista, com todos os filmes a que assisti no ano. Para acessá-la, clique aqui.

As 10 obras-primas de 2008, por Guilherme Tomasi

1. “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, de Christopher Nolan
2. “Sangue Negro”, de Paul Thomas Anderson
3. “Apenas uma Vez”, de John Carney
4. “Ensaio Sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles
5. “Onde os Fracos Não Tem Vez”, de Ethan & Joel Coen
6. “Homem de Ferro”, de Jon Favreau
7. “Não Estou Lá”, de Todd Haynes
8. “Senhores do Crime”, de David Cronenberg
9. “Marley & Eu”, de David Frankel
10. “Rebobine, Por Favor”, de Michel Gondry

Menção honrosa: “Hellboy II – O Exército Dourado”, de Guillermo del Toro

As 10 obras-primas de 2008, por Mariana Deslandes

1. “Ensaio Sobre a Cegueira”, de Fernando Meirelles
2. “Na Natureza Selvagem”, de Sean Penn
3. “WALL•E”, de Andrew Stanton
4. “O Escafandro e a Borboleta”, de Julian Schnabel
5. “Sweeney Todd – O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet”, de Tim Burton
6. “Batman – O Cavaleiro das Trevas”, de Christopher Nolan
7. “Meu Nome Não é Johnny”, de Mauro Lima
8. “Vicky Cristina Barcelona”, de Woody Allen
9. “Persépolis”, de Vincent Paronnaud e Marjane Satrapi
10. “O Mistério do Samba”, de Lula Buarque de Hollanda e Carolina Jabor

Os piores filmes

Como não houve relação de coincidência em relação a um só filme nas três listas, pela primeira vez temos um empate técnico entre seis coisinhas! “Awake – A Vida Por um Fio“, “Imagens do Além“, “O Olho do Mal“, “Espelhos do Medo“, além de “10.000 A.C.” e “Max Payne” aparecem pelo menos duas vezes nas relações abaixo. Vamos atirar o osso para cima e deixar o pau quebrar entre eles, OK?

As 10 bombas de 2008, por Renato Silveira

1. “Um Amor de Tesouro”, de Andy Tennant
2. “Awake – A Vida Por um Fio”, de Joby Harold
3. “Imagens do Além”, de Masayuki Ochiai
4. “O Olho do Mal”, de David Moreau e Xavier Palud
5. “Espelhos do Medo”, de Alexandre Aja
6. “10.000 A.C.”, de Roland Emmerich
7. “Alvin e os Esquilos”, de Tim Hill
8. “Jogos Mortais 5”, de David Hackl
9. “Max Payne”, de John Moore
10. “Orquestra dos Meninos”, de Paulo Thiago

Menções desonrosas: “Os Desafinados”, de Walter Lima Jr., e “Polaróides Urbanas”, de Miguel Falabella

As 10 bombas de 2008, por Guilherme Tomasi

1. “Fim dos Tempos”, de M. Night Shyamalan
2. “As Duas Faces da Lei”, de Jon Avnet
3. “Aliens vs. Predador 2”, de Colin Strause e Greg Strause
4. “O Olho do Mal”, de David Moreau e Xavier Palud
5. “Crepúsculo”, de Catherine Hardwickle
6. “Max Payne”, de John Moore
7. “Imagens do Além”, de Masayuki Ochiai
8. “Perigo em Bangkok”, de Oxide Pang Chun e Danny Pang
9. “Zohan – O Agente Bom de Corte”, de Dennis Dugan
10. “Awake – A Vida Por um Fio”, de Joby Harold

Menção desonrosa: “007 – Quantum of Solace”, de Marc Forster

As 10 bombas de 2008, por Mariana Deslandes

1. “O Guerreiro Didi e a Ninja Lili”, de Marcus Figueiredo
2. “Espartalhões”, de Jason Friedberg e Aaron Seltzer
3. “Super-heróis – A Liga da Injustiça”, de Jason Friedberg e Aaron Seltzer
4. “Aliens vs. Predador 2”, de Colin Strause e Greg Strause
5. “A Guerra dos Rocha”, de Jorge Fernando
6. “10.000 A.C.”, de Roland Emmerich
7. “Super-herói: O Filme”, de Craig Mazin
8. “Sexo com Amor?”, de Wolf Maya
9. “Noites de Tormenta”, de George C. Wolfe
10. “Espelhos do Medo”, de Alexandre Aja
%d blogueiros gostam disto: