"A Moça do Calendário" (2017) - Foto: Divulgação

21ª Mostra de Tiradentes exibe 30 longas-metragens; veja a seleção completa

A curadoria da Mostra de Cinema de Tiradentes anunciou os 30 longas-metragens que completam a seleção das seis seções temáticas da 21ª edição do evento: Aurora, Olhos Livres, Homenagem, Chamado Realista, Praça e Mostrinha.

Os filmes em competição na Mostra Aurora foram revelados no mês passado. Assim, o destaque da nova divulgação vai para a Mostra Olhos Livres, que também é competitiva e acontece pelo segundo ano, com o intuito de “exibir filmes que olham para seus temas de modo a relacionar forma e conteúdo, provocando fissuras na relação com o espectador e enriquecendo a experiência de assistir a eles”, afirmam os curadores Cléber Eduardo e Lila Foster.

São seis títulos na Olhos Livres este ano: “Antes do Fim”, de Cristiano Burlan;  “Fernando”, de Igor Angelkorte, Julia Ariani e Paula Vilela; “Inaudito”, de Gregorio Gananian; “Navios de Terra”, de Simone Cortezão;  “O Nó do Diabo”, de Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abe e Jhesus Tribuzi; e “Platamama”, de Alice Riff. No ano passado, o vencedor foi “Lamparina da Aurora”, de Frederico Machado.

Outro destaque é a seção Chamado Realista, que dialoga diretamente com o tema central da Mostra de Tiradentes este ano e reúne títulos em que acontecimentos de amplo apelo público, oriundos dos noticiários e das discussões em voga na sociedade brasileira nos últimos anos, tornam-se referência. Os temas trabalhados incluem feminismo, violência, política, protestos, segregação e manipulação midiática. Estão na programação dois filmes premiados no Festival de Brasília 2017: o grande vencedor “Arábia”, dirigido pelos mineiros Affonso Uchoa e João Dumans; e o muito aguardado novo filme de Adirley Queirós (“Branco Sai, Preto Fica”), “Era Uma Vez em Brasília”. Também é digna de nota a exibição de “A Moça do Calendário”, mais novo longa dirigido pela atriz Helena Ignez, no encerramento da Mostra de Tiradentes.

A programação completa e os horários e locais de exibição de todos os filmes serão disponibilizados em breve no site mostratiradentes.com.br. A cobertura completa do evento você acompanhará no cinematório a partir do dia 19 de janeiro.

LONGAS-METRAGENS DA 21a MOSTRA DE CINEMA DE TIRADENTES

 

MOSTRA HOMENAGEM

BANDEIRA DE RETALHOS, Sergio Ricardo (RJ)

CAFÉ COM CANELA, Ary Rosa e Glenda Nicácio (BA) – Filme de Abertura

TIM MAIA, Mauro Lima (RJ)

UMA ONDA NO AR, Helvécio Ratton (MG)

 

MOSTRA AURORA

ARA PYAU – A PRIMAVERA GUARANI, de Carlos Eduardo Magalhães (SP)

BAIXO CENTRO, de Ewerton Belico e Samuel Marotta (MG)

DIAS VAZIOS, de Robney Bruno Almeida (GO)

IMO, de Bruna Schelb Correa (MG)

LEMBRO MAIS DOS CORVOS, de Gustavo Vinagre (SP)

MADRIGAL PARA UM POETA VIVO, de Adriana Barbosa e Bruno Mello Castanho (SP)

REBENTO, de André Morais (PB)

 

MOSTRA OLHOS LIVRES

ANTES DO FIM, Cristiano Burlan (SP)

FERNANDO, Igor Angelkorte, Julia Ariani e Paula Vilela (RJ)

INAUDITO, Gregorio Gananian (SP

NAVIOS DE TERRA, Simone Cortezão (MG)

O NÓ DO DIABO, Ramon Porto Mota, Gabriel Martins, Ian Abe e Jhesus Tribuzi (PB)

PLATAMAMA, Alice Riff (SP) 

 

CHAMADO REALISTA

A MOÇA DO CALENDÁRIO, Helena Ignez (SP) – Filme de Encerramento

APTO420, Dellani Lima (SP)

ARÁBIA, Affonso Uchoa e João Dumans (MG)

ERA UMA VEZ BRASÍLIA, Adirley Queirós (DF)

NÓIS POR NÓIS, Aly Muritiba e Jandir Santin (PR)

OPERAÇOES DE GARANTIA DA LEI E DA ORDEM, Julia Murat e Miguel Antunes Ramos (RJ)

 

MOSTRA PRAÇA

ESCOLAS EM LUTA, Eduardo Consonni, Rodrigo T. Marques e Tiago Tambelli (SP)

CAMOCIM, Quentin Delaroche (PE)

TODOS OS PAULOS DO MUNDO, Gustavo Ribeiro e Rodrigo de Oliveira (RJ)

POR PARTE DE PAI, Guiomar Ramos (SP)

TORQUATO NETO – TODAS AS HORAS DO FIM, Eduardo Ades e Marcus Fernando (RJ)

 

MOSTRINHA

HISTORIETAS ASSOMBRADAS, Victor-Hugo Borges

D.P.A. – DETETIVES DO PRÉDIO AZUL, André Pellenz

%d blogueiros gostam disto: