David Lynch - Foto: Divulgação
David Lynch - Foto: Divulgação

Com direito a “Twin Peaks”, mostra em BH revisita obra de David Lynch

O Cine Humberto Mauro, localizado no Palácio das Artes, em Belo Horizonte, homenageia o diretor, roteirista, produtor, artista visual e músico David Lynch. Entre 19 de julho e 6 de agosto, a sala exibirá 14 obras do cineasta, entre curtas, médias e longas-metragens, além da última temporada da série “Twin Peaks”, lançada em 2017.

Um dos destaques da mostra é o primeiro longa de Lynch, o terror surrealista “Eraserhead” (1977), um clássico das sessões da meia-noite que demorou sete anos para ser filmado. Também em cartaz, o longa “O Homem Elefante” (1980) foi indicado ao Oscar em oito categorias, incluindo Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Roteiro Adaptado. É um drama histórico sensível sobre um homem severamente deformado em Londres do século XIX. Outro drama com narrativa clássica realizado por Lynch e que está na mostra é o road movie “História Real” (1999), que acompanha um senhor decidido a atravessar os Estados Unidos num cortador de grama.

A programação inclui ainda os filmes considerados neo-noir de Lynch: “Veludo Azul” (1986), “Estrada Perdida” (1997), “Cidade dos Sonhos” (2001) e “Império dos Sonhos” (2006). Todos apresentam tramas que envolvem mistério e elementos enigmáticos, característicos da obra do diretor. Os fãs de Lynch também terão a oportunidade de ver a terceira temporada da cultuada série “Twin Peaks” (2017) no cinema, junto com o filme “Twin Peaks: Os Últimos Dias de Laura Palmer” (1992).

Inspirações e influências

O Cine Humberto Mauro apresenta ainda sessões comentadas dedicadas a David Lynch na mostra fixa História Permanente do Cinema. No dia 1º de agosto, será exibida uma sessão de curtas experimentais que serviram de inspiração para a carreira do diretor: “A Concha e o Clérigo”, de Germaine Dulac, “Um Cão Andaluz”, de Luis Buñuel, e “Tramas do Entardecer”, de Maya Deren. Já no dia 5, será exibido “O Mágico de Oz” (1939), de Victor Fleming. As duas sessões acontecem no horário habitual de 17h.

Consulte a programação completa, com sinopses e horários.

Podcasts

O cinematório possui podcasts que analisam obras de David Lynch. Também temos um episódio sobre Germaine Dulac. Confira:

– Em Foco: “Cidade dos Sonhos” (2001)

– cinematório café #42: Retorno a “Twin Peaks”

– Em Foco: Germaine Dulac

Vídeo

Confira abaixo, a participação do nosso editor Renato Silveira no programa Agenda, da Rede Minas.

Serviço:
Mostra David Lynch
Período: 19 de julho a 6 de agosto
Local: Cine Humberto Mauro
Endereço: Av. Afonso Pena 1.537 – Centro
Ingressos: Gratuitos com retirada 1h antes de cada sessão
Informações para o público: (31) 3236-7400

%d blogueiros gostam disto: