"Ennio, o Maestro" (Ennio, 2021), de Giuseppe Tornatore - Foto: Divulgação

Com Morricone e Pasolini, Festa do Cinema Italiano retorna ao formato presencial

A 8 ½ – Festa do Cinema Italiano retoma o formato presencial este ano, em uma edição que traz a seleção dos filmes italianos que se destacaram nos últimos anos e que ainda estão inéditos nas salas de cinema no Brasil. O festival vai acontecer em 18 cidades, entre elas Belo Horizonte,  de 28 de julho a 10 de agosto. 

A programação de filmes contemporâneos apresenta um total de oito longas em pré-estreia nacional. Entre elas está a do filme “Il Buco”, um projeto ousado do diretor Michelangelo Frammartino, que recebeu o Prêmio do Júri no Festival de Veneza em 2021. O drama reconstitui a jornada realizada por um grupo de jovens exploradores na década de 1960, que encontraram pela primeira vez o fundo do Abismo do Bifurto, uma das cavernas mais profundas do mundo, localizada no interior da Calábria. 

Il Buco (2021), de Michelangelo Frammartino – Foto: Divulgação

Também se destaca entre as pré-estreias “Leonora, Adeus”, mais recente filme do renomado diretor Paolo Taviani, que concorreu ao Urso de Ouro no Festival de Berlim este ano. Já a comédia “Guia Romântico Para Lugares Perdidos” traz os atores Clive Owen, Giorgia Farina e Jasmine Trinca em um insólito road movie sobre almas atormentadas que embarcam juntas numa viagem entre ruas, silêncios e emoções.



Também como parte da programação, a 8 ½ – Festa do Cinema Italiano traz a exibição especial de “Ennio, o Maestro”, documentário sobre a vida e a obra do grande maestro Ennio Morricone, compositor de algumas das trilhas sonoras mais marcantes da história do cinema. Entre elas estão os temas do faroeste “Três Homens em Conflito”, do policial “Os Intocáveis” e do terror “O Enigma de Outro Mundo”. A direção do documentário é do premiado cineasta Giuseppe Tornatore, que trabalhou com Morricone no clássico “Cinema Paradiso” e em vários outros filmes durante sua carreira.

Outra homenagem prestada pelo festival é ao centenário do aclamado e controverso cineasta Pier Paolo Pasolini. Dele, o público poderá ver ou rever “Mamma Roma”, clássico neorrealista protagonizado pela estrela Anna Magnani.

Mamma Roma (1962), de Pier Paolo Pasolini – Foto: Reprodução

Reforçando: a 8 ½ – Festa do Cinema Italiano acontece de 28 de julho a 10 de agosto, com sessões presenciais em Belo Horizonte e outras 17 cidades brasileiras.

 

SERVIÇO
8 ½ – Festa do Cinema Italiano
De 28 de julho a 10 de agosto de 2022
Em 18 cidades
Programação completa e mais informações aqui.

 

%d blogueiros gostam disto: