SAMMIE 2016: Troféus Especiais

O Sammie 2016 ocorre em meio às críticas à Academia de Hollywood pela dominância branca entre os indicados ao Oscar. A nossa resposta à campanha #OscarSoWhite não vem de agora: desde 2007, a nossa estatueta já diz tudo:

Sammie Statuette

Feita esta observação, vamos à premiação!



MELHOR DIÁLOGO

Josh (Ben Stiller): Pela primeira vez na minha vida, eu parei de pensar em mim mesmo como uma criança imitando um adulto. / For the first time in my life, I’ve stopped thinking of myself as a child imitating an adult.
Cornelia (Naomi Watts): Você se sente assim também? / You feel that way too?

“Enquanto Somos Jovens”, roteiro de Noah Baumbach


MELHOR FRASE DE IMPACTO

Not my tempo.” – Fletcher (J.K. Simmons)

Whiplash – Em Busca da Perfeição“, roteiro de Damien Chazelle


MELHOR FINAL

“Ex_Machina – Instinto Artificial”, de Alex Garland


O CARA MAIS ENGRAÇADO

Samuel L. Jackson, em “Kingsman: Serviço Secreto”


A MOÇA MAIS ENGRAÇADA

Greta Gerwig, em “Mistress America”


A CENA MAIS HILÁRIA

Brooke apresenta seu projeto de negócio, em “Mistress America”


MELHOR MEME DE CINEMA

John Travolta Confuso

Tem muito mais internet afora, mas aqui vai uma amostragem:


MELHOR CITAÇÃO OU REFERÊNCIA

Arte abstrata, em “Divertida Mente”


FILME QUE MAIS CHOCOU, INCOMODOU OU PERTURBOU

“A Gangue” (The Tribe ou Plemya), de Miroslav Slaboshpitsky


MELHOR PARTICIPAÇÃO ESPECIAL

“Aquele-Que-Não-Deve-Ser-Nomeado-Pois-É-Spoiler”, em “Um Amor a Cada Esquina”


MELHOR USO DE MÚSICA EM UMA CENA

“Fuck the Police”, em “Straight Outta Compton – A História do NWA”

Menções honrosas:

“Fala” (Secos e Molhados), em “A História da Eternidade”

“What’s up?” (4 Non Blondes), na série “Sense 8”


PIOR MÚSICA QUE SAIU DE UM FILME E NINGUÉM AGUENTA MAIS ESCUTAR

“Love me Like You Do” (Ellie Goulding), de “50 Tons de Cinza”


MELHOR CENA EXTRA OU PÓS-CRÉDITOS

“A Visita”
(Obs.: a imagem abaixo não é da cena vencedora.)


Prêmio QUENTIN TARANTINO

para o que de mais “cool” apareceu na tela

John Boyega, em “Star Wars: O Despertar da Força”


Troféu WHAT THE F*CK!?

também conhecido como “Mas que P*rra é Essa!?”

O “bebê”, em “Sniper Americano”

Menção honrosa para a série “Sense 8” pela criatividade na cena de sexo.


Troféu PRECISOU, TÔ LÁ!

para quem mais apareceu na tela no espaço de um ano

Alicia Vikander, no elenco de “O Sétimo Filho”, “O Agente da U.N.C.L.E.”, “Pegando Fogo”, “Ex_Machina” e “Juventudes Roubadas” (e ainda “A Garota Dinamarquesa”, que chegou ao Brasil no início de 2016)

E Domhall Gleeson, no elenco de “Frank”, “Invencível”, “Ex_Machina” e “Star Wars: O Despertar da Força” (e ainda “Brookyn” e “O Regresso”, que chegaram ao Brasil no início de 2016)


Troféu CERA DE CARNAÚBA
para o mais cara de pau

Gaspar Noé, por ter feito de “Love” uma desculpa para fazer um filme pornô (e nem é dos melhores).


Prêmio JOHN TRAVOLTA

também conhecido como “Agora não dá mais!” ou “Empurrão à beira do abismo”

Franquia “Exterminador do Futuro”. Já deu, né?


Troféu OPS! EU ACHO QUE LI O ROTEIRO ERRADO
para bons atores em filmes medíocres

Dustin Hoffman, em “Trocando os Pés”.


Troféu MOFEI NA GAVETA (E DEVIA TER FICADO LÁ)

para filmes que demoraram anos para sair e não vingaram

O novo reboot de “Quarteto Fantástico”. Chega, Fox. Devolve pra Marvel!

Troféu ESTÁ PERDOADO!
para quem só vinha fazendo bombas e finalmente fez algo que presta

No caso, perdoada: Kristen Stewart, que após se livrar da Saga Crepúsculo vem emplacando uma sequência de bons papéis.

E isso é tudo pessoal! Ano que vem tem mais!

VEJA TAMBÉM:

MELHORES E PIORES FILMES DO ANO

TROFÉU “POR ELA EU ENTRO EM COMA!”

TROFÉU “POR ELE EU ENTRO EM COMA!”

%d blogueiros gostam disto: