Felizes para sempre

beforemidnight_01

Para quem assistiu a “Antes do Amanhecer” e “Antes do Pôr-do-Sol”, especialmente aqueles que viram os filmes na época de seus lançamentos, ver este terceiro filme é como reencontrar velhos amigos. Já quem está conhecendo Jesse e Celine somente agora, certamente vai ficar com vontade de saber como eles se encontraram pela primeira vez, 18 anos atrás, em uma viagem de trem pela Europa.

Seja qual for o seu caso, o mérito é todo do diretor Richard Linklater e dos atores Ethan Hawke e Julie Delpy. A (até o momento) trilogia é um trabalho de autoria compartilhada, pois o sucesso desses filmes de conversa, em que basicamente acompanhamos apenas diálogos durante toda a projeção, se deve ao ritmo que os três conseguem dar à narrativa.



Da parte de Linklater está a direção simples, basicamente constituída de planos-sequências por um trajeto que não parece, em momento algum, ter sido previamente planejado. Foi assim em Viena, no primeiro filme, em Paris, no segundo, e, agora, no Peloponeso, na Grécia.

Da parte dos atores está a completa entrega aos personagens. É um trabalho invisível, digamos, em que Hawke e Delpy somem dentro de Jesse e Celine. O mais incrível é como eles conseguem retomar esses papéis com tamanha naturalidade mesmo com esse intervalo de nove anos entre os filmes. É como se tivessem continuado com eles em suas mentes e almas, o que é compreensível por se tratar de uma criação de ambos.

Mas, apesar de já conhecermos o casal, também descobrimos novas facetas, ou melhor, evoluções de suas personalidades. Os jovens de outrora agora são pais de família e tiveram que tomar decisões duras, fazer sacrifícios para viverem a plenitude do romance que começou apenas como um ideal – ou, usando a alusão aos contos de fadas que é feita durante o filme, eles tiveram que encarar a realidade de que a carruagem virou abóbora (metáfora magnífica do título). É o que garante o frescor do filme e que possibilita que o público, que também amadureceu, se identifique com novas questões, desabafos, brigas, mas, também, claro, com o afeto entre os dois, que não desapareceu.

E será ótimo se, daqui a outros nove anos, Jesse e Celine voltarem às telas em um quarto filme. Com certeza eles terão muito mais a nos contar. ■

ANTES DA MEIA-NOITE (Before Midnight, 2013, EUA). Direção: Richard Linklater; Roteiro: Richard Linklater, Julie Delpy, Ethan Hawke; Produção: Christos V. Konstantakopoulos, Richard Linklater, Sara Woodhatch; Fotografia: Christos Voudouris; Montagem: Sandra Adair; Música: Graham Reynolds; Com: Ethan Hawke, Julie Delpy, Seamus Davey-Fitzpatrick, Jennifer Prior, Charlotte Prior, Xenia Kalogeropoulou, Walter Lassally, Ariane Labed, Yiannis Papadopoulos, Athina Rachel Tsangari, Panos Koronis; Estúdios: Sony Pictures Classics, Venture Forth, Castle Rock Entertainment, Detour Filmproduction, Faliro House Productions; Distribuição: Diamond Films. 109 min

%d blogueiros gostam disto: